You are here
Home > Sem categoria > Bunge reduz em 10% geração de resíduos

Bunge reduz em 10% geração de resíduos

Com o objetivo de destinar adequadamente os resíduos industriais decorrentes da fabricação de seus produtos e estendendo á  sociedade o conhecimento e a prática do reaproveitamento de recursos, a Bunge, em parceria com o Instituto Triá¢ngulo, coletou em 2011 cerca de 300 toneladas de óleo vegetal de cozinha usado, 15% a mais do que no ano anterior.  O volume recolhido desde o início do programa, que é chamado de Soya Recicla e teve início em 2006, já ultrapassa mil toneladas. A empresa mantém a maior rede de entrega voluntária de óleo pós-consumo do Brasil, com mais de mil postos de coleta de óleo de cozinha para reciclagem.

Em 2010, o volume de resíduos gerados pela empresa caiu 10%. Além disso, a Bunge possui destinação sustentável para 70% dos resíduos gerados na indústria, com crescimento de 4% sobre o ano anterior, devido a ações que vão da reciclagem até a destinação como matéria-prima para outros segmentos da economia nacional. Uma ação de destaque, que é realizada pela área de Açúcar & Bioenergia, trata da recuperação de embalagens, os chamados Big Bags, utilizados para o transporte e venda de açúcar. No ano passado, 93% das embalagens utilizadas foram recuperadas, garantindo a reutilização. Para se ter uma ideia do que isso representa, um milhão de toneladas de açúcar é parte da produção final das quase 20 milhões de toneladas de cana processadas por ano pela Bunge Brasil. Isso equivale a abastecer o consumo anual de 20 milhões de brasileiros, na média de 50kg/ano per capita.

Esses e outros dados sobre a atuação sustentável da Bunge no Brasil estão disponíveis no Relatório de Sustentabilidade da empresa, publicado recentemente, e que pelo quinto ano consecutivo foi auditado no nível de aplicação A+, segundo metodologia internacional do GRI-Global Reporting Initiative.

Deixe uma resposta

Top