You are here
Home > Sem categoria > Crescimento do setor de decoração favorece mercado de confecção de cortinas

Crescimento do setor de decoração favorece mercado de confecção de cortinas

As cortinas, criadas por volta do século 17 com o aparecimento das primeiras janelas, tinham como principal objetivo manter a privacidade das pessoas em uma residência. Hoje, juntamente com o tapete e o sofá, as cortinas figuram como um dos principais itens de decoração da casa. O setor de cortinas está ligado ao segmento de decoração, que representa um dos mercados que mais cresce no Brasil e movimenta nada menos do que R$ 5 bilhões por ano.

No caso específico do mercado de cortinas, não há dados oficiais sobre o crescimento do setor. Mas pode-se afirmar que o segmento é pontuado por concorrentes informais e costureiras caseiras que prestam serviços no mercado informal. Portanto, o empresário de confecção de cortinas que pretende ingressar neste negócio deve saber que irá concorrer diretamente com as costureiras artesanais e indiretamente com os fabricantes de persianas e sua extensa rede de distribuidores autorizados.

Já a decisão sobre a localização do negócio dependerá da estratégia de venda dos produtos oferecidos. Caso o empresário pretenda abrir um ponto comercial com estande de vendas e produtos em demonstração, ele deve estar atento para aspectos como o número de pessoas  na região, o poder aquisitivo dos consumidores locais, a concorrência, a visibilidade do ponto e a proximidade com fornecedores. Entretanto, se a estratégia de comercialização contemplar a utilização de vendedores externos, a localização da loja não representará um fator determinante para o sucesso do empreendimento.

Quanto ao investimento ele vai variar muito de acordo com o porte do empreendimento. Entretanto, segundo cálculos dos consultores do Sebrae, uma confecção de cortinas estabelecida num imóvel alugado de 65m² exigirá um investimento inicial de apenas R$ 16 mil,  para a compra de ferramentas, máquinas e utensílios de costura, um estande de vendas e um pequeno estoque de materiais.

O empreendedor de uma confecção de cortinas deverá agregar valor ao seu negócio, oferecendo produtos e serviços complementares, diferenciando-se da concorrência e atraindo o público-alvo. Não basta possuir algo que os produtos concorrentes não oferecem. በnecessário que esse algo mais seja reconhecido pelo cliente como uma vantagem competitiva e aumente o seu nível de satisfação com o produto ou serviço prestado.

Por último, o empreendedor precisa estar atento á s tendências de decoração. Deve identificar os movimentos deste mercado e adaptá-los á  sua oferta, reconhecendo as preferências dos clientes e renovando continuamente o mostruário.

Deixe um comentário

Top