Paraná apoia pequenos e médios empresários interessados em exportar

exportar-mais.jpgA Secretaria da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul garante suporte técnico gratuito á s pequenas e médias empresas interessadas em exportar pela primeira vez. A preparação e o acompanhamento para a entrada no mercado externo são feitos por meio do projeto Primeira Exportação.  A partir de uma parceria com a FAE Centro Universitário, alunos da instituição elaboram o diagnóstico da empresa e verificam seu potencial exportador. Essa radiografia inclui pesquisa de mercado, eventuais adequações do produto, promoção comercial e a parte operacional da exportação. O trabalho é acompanhado por um núcleo de consultas criado pela secretaria. Relatórios periódicos são elaborados e supervisionados por professores.

De acordo com a coordenadora de Assuntos Internacionais e do Mercosul da secretaria, Aline Albano, o acompanhamento técnico nas diferentes etapas aumenta consideravelmente o sucesso dos negócios no exterior. Os resultados são positivos a cada fase. በmuito importante que o empresário procure essa orientação para iniciar suas importações com rapidez e eficiência”, afirma.

Um dos empreendimentos que recebem a consultoria é a Qualinova, localizada em Pinhais, região metropolitana de Curitiba. Na quarta fase do processo, a empresa recebeu modificações no site e a criação de novos produtos para o mercado internacional. Nós propusemos a mudança da linha de produtos (sucos), destacando o apelo de brasilidade. Assim surgiram sabores de cupuaçu, graviola, cajá, entre outros. Produtos que são o grande diferencial no mercado internacional”, afirma o responsável pelo projeto e coordenador do curso de Negócios Internacionais da FAE, professor Joaquim Brasileiro. Segundo ele, o projeto Primeira Exportação foi fundamental para a entrada da empresa no cenário internacional. Em setembro deste ano a Qualinova foi uma das 30 empresas expositoras no Pavilhão Brasileiro da Americas’s Food and Beverage em Miami (EUA).

O projeto Primeira Exportação também apresentou resultados em fevereiro deste ano com a empresa curitibana Satech, do setor de telecomunicações, que fechou negócio com empreendedores paraguaios para a montagem e industrialização de cabos conectorizados. As consultas deste primeiro grupo encerram-se ano que vem. Acreditamos que até o mês de março de 2013 concluiremos este primeiro ciclo de empresas e iniciaremos o atendimento das que estão cadastradas no banco de dados”, afirma Joaquim.

O Primeira Exportação é gratuito e tem duração aproximada de 18 meses. Mais informações nos sites da Secretaria de Indústria e Comércio (www.seim.pr.gov.br) e do projeto (www.primeiraexportacao.mdic.gov.br).

Soma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *