You are here
Home > Sem categoria > Mercado de Drones no Brasil projeta faturamento de até R$ 200 milhões em 2016

Mercado de Drones no Brasil projeta faturamento de até R$ 200 milhões em 2016

As estimativas de faturamento do mercado de Drones para 2016, incluindo vendas de equipamentos, treinamentos de pilotos e prestação de serviços, são de R$ 100 milhões a R$ 200 milhões. Estes dados são extra oficiais e foram compilados por Emerson Granemann, diretor da MundoGEO e idealizador do evento DroneShow, após comparações com dados mundiais e trocas de informações com empresários brasileiros, associações de profissionais e análise das comunidades na internet que atuam no mercado de Veículos Aéreos Não Tripulados (VANTs ou Drones, como são conhecidos popularmente).

A expectativa é que, em breve, a comunidade brasileira se organize para pesquisar e mapear com precisão a movimentação econômica e os índices de novos postos de trabalhos que serão gerados direta e indiretamente por este setor. “Este aquecimento do mercado de Drones está provocando também a criação de novo empregos, num momento importante e de economia nacional fragilizada. Estima-se que, em 2016, serão criados entre três e cinco mil postos de trabalho, ligados direta ou indiretamente à cadeia produtiva do setor e gerados por fabricantes, importadores, prestadores de serviços de mapeamento e monitoramento, além dos pilotos profissionais”, afirma Emerson Granemann.

Um novo mundo de possibilidades e aplicações está se abrindo para os brasileiros. Muitos empreendedores começam a vislumbrar as oportunidades que começarão a surgir, sobretudo com a regulamentação elaborada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e a as novas instruções do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) para uso profissional dos drones no Brasil, que deverão ser lançadas oficialmente neste final de ano, após concluída a consulta pública.

No DroneShow 2015, que será realizado nos dias 28 e 29 de outubro em São Paulo (SP), um importante encontro vai abrir o segundo dia do evento. O debate “Modelos de negócios profissionais para usos de Drones no Brasil” vai reunir representantes da cadeia produtiva do setor (fabricantes, importadores, desenvolvedores e prestadores de serviços), analisando o potencial deste mercado e dando dicas para empreendedores.

A feira DroneShow, pioneira no Brasil, contará com as principais empresas do setor distribuídas em 25 estandes. Em paralelo, o evento oferece cursos e seminários, abordando temas relacionados a pilotagem, mecatrônica, robótica e a utilização de Drones para agricultura, mineração, engenharia, meio ambiente, filmagens e segurança.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top