You are here
Home > Negócios > FGV anuncia chegada do Venture Capital Investment Competition ao Brasil

FGV anuncia chegada do Venture Capital Investment Competition ao Brasil

Criado em 1998 no MBA da Kenan-Flager Business School da University of North Carolina, atualmente o VCIC conta com a participação de mais de 80 universidades em 15 países, incluindo os mais renomados programas de MBA do mundo. Todos os anos, o programa envolve cerca de 1.500 alunos, 150 gestores de Venture Capital e 100 empreendedores, em diversas competições regionais ao redor do mundo. A grande Final Global ocorre anualmente, em Abril, em Chapel-Hill, Carolina do Norte, nos Estados Unidos.

O VCIC não é uma competição de startups. No VCIC os participantes são os investidores, não os empreendedores. Ao invés de fazerem pitch de planos de negócios, os competidores do VCIC atuam como gestores de venture capital avaliando negócios reais. Os juízes da competição são profissionais experientes das principais gestoras de venture capital do mundo que observam e dão as notas para as equipes baseado em suas capacidades de analisarem, negociarem e investirem em startups. É o melhor lugar para capacitar professionais de venture capital.

Por meio da parceria com a Fundação Getulio Vargas, o VCIC terá pela primeira vez uma universidade da América Latina. “Estamos muito animados em trabalhar em parceria com a FGV para trazer o VCIC para a América Latina. Com a participação do Brasil teremos competições regionais do VCIC em quatro continentes”, informou Patrick Vernon, Diretor do VCIC e Clinical Associate Professor of Strategy and Entrepreneurship da UNC Kenan-Flager.

Os alunos dos MBA da Fundação Getulio Vargas que tiverem cursado a disciplina Private Equity e Venture Capital estarão habilitados a participar do VCIC. É o caso dos que forem cursar o futuro curso de MBA em Private Equity, Venture Capital e Investimentos em Startups da FGV, que já foi desenhado para se conectar ao VCIC, possibilitando aos alunos se prepararem para competir, em iguais condições, com as melhores equipes dos principais programas de MBA do mundo.

Em 2019, o FGVnest rodará um programa piloto do VCIC Brasil, com equipes formadas por alunos de MBA da FGV. O time brasileiro vencedor participará de uma das finais regionais nos Estados Unidos em Fevereiro de 2020, e disputará um lugar na grande final em Abril de 2020. O objetivo do FGVnest é ampliar o VCIC Brasil para incluir as equipes dos programas de MBA de outras universidades brasileiras ao longo de 2020 e, a partir de 2021, expandir o programa para outros países da América Latina.

“Trazer o VCIC para o Brasil é uma grande honra. Este é um imenso e maravilhoso desafio que vai ao encontro do objetivo do FGVnest de ser um ‘hub’ de conhecimento de ponta em Venture Capital, Private Equity, Inovação e Startups, promovendo, estimulando e agregando iniciativas relevantes para a indústria”, descreve o coordenador do FGVnest, professor Caio Ramalho (foto).

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top