You are here
Home > Trabalho/Emprego > Veja como ter um perfil de destaque no Linkedin

Veja como ter um perfil de destaque no Linkedin

O Linkedin é uma ferramenta de rede de relacionamento profissional na qual permite ao usuário gerar oportunidades com relação a carreira.  Para quem está cansado da sua área atual, foi demitido, ou por outros motivos precisa de novas possibilidades na carreira, o Linkedin é uma plataforma que oferece não só novas promoções, mas também contatos longínquos. Lá podem ser encontrados profissionais buscando recolocação no mercado, empresas divulgando seus produtos ou, até mesmo, recrutadores buscando profissionais para atender as vagas em aberto.

Em 2020, um dos principais  problemas que ocorreram em decorrência da pandemia do coronavírus, foi a gigantesca porção de profissionais demitidos. As empresas, por não estarem em funcionamento, precisaram, para realocar custos, mandar embora empregados, mesmo que trabalhando há anos na área. Agora, em um cenário em que mesmo com a continuidade desse vírus, a economia volta, aos poucos, a girar, as empresas estão buscando profissionais devidamente capacitados para preencher vagas. Nesse cenário de busca de emprego e de pessoas para trabalhar, o Linkedin surge como principal meio de contratação, principalmente em um momento em que o contato presencial está limitado.

Para fazer parte desse meio enorme e vasto de contratação, é necessário criar um perfil digno de visitas de recrutadores. Por isso, do mesmo modo que criar um currículo pode ser uma tarefa difícil e cheia de estratégias, ter um bom perfil no Linkedin pode te assegurar uma boa vaga de emprego.

Para conseguir ter maior visibilidade e maior chance de alavancar a sua carreira, a gestora e especialista em recolocação profissional na área de trabalho Madalena Feliciano, reuniu algumas dicas de como deve ser o seu perfil, para atrair mais visitantes.

1-Foto de perfil

Ao criar uma conta é necessário se atentar a todas as etapas. A primeira delas é sua foto de perfil. “Escolha uma foto em que seu rosto esteja nítido e o foco esteja nele. Evite colocar fotos em festas, casamentos, com bichinhos de estimação, de biquíni, com decote… Tudo isso para a imagem de uma pessoa não profissional. Uma foto atual e com um bom enquadramento do seu rosto é o ideal”, afirma Madalena.  

2-Foto de capa

Ela fica localizada atrás da sua foto de perfil. “A foto de capa é um espaço que serve para colocar alguma imagem relacionada a sua área, seu setor, algo que te represente”, comenta a especialista. Quando pesquisar no Google, não esqueça de se atentar aos direitos de imagem.

3-Informações do perfil

Embaixo da foto de perfil há um espaço de informações. Não utilize nomenclaturas de cargo, tampouco graduação e e-mail, pois há outro espaço dedicado a isso. Lá é um espaço para trabalhar com suas áreas de atuação. Tenha tudo muito bem alinhado, para não poluir visualmente. Utilize 3 ou 4 palavras-chave para suas atuações e aspirações

No Linkedin também é disponibilizado um selo de posição profissional que identifica se você é um profissional buscando recolocação ou não. Para facilitar o trabalho dos recrutadores, utilize esse serviço, caso seja necessário.

4-Informações de contato

É onde você deverá inserir seu e-mail, telefone, sites ou blogs (relacionados a sua área). Importante lembrar que ao colocar sua localização você não deve colocar seu endereço, pois pode ser muito perigoso esse tipo de exposição.

5-Sobre

Aqui você deve colocar um resumo de suas qualificações. Fale um pouco sobre você, coloque suas experiências, começando da mais recente até a primeira, atualize suas informações de saída e/ou entrada da sua empresa

6-Informações com relação a graduação

Informe sobre seus níveis de graduação. Coloque sua faculdade, e se ela possuir um perfil conecte-se a ela.

7-Competências

Insira o máximo de competências possíveis. Elas servem como palavras-chave na hora que recrutadores forem pesquisar. As competências têm posições de destaque, então escolha as que você acha mais relevantes para sua área de atuação.

8-Recomendações no perfil

As pessoas podem te recomendar pelas suas competências ou através de uma nota. Recomende as pessoas para melhorar seu networking o que fará que a pessoa te recomende dando cada vez mais visibilidade. O Linkedin te oferece até 30 mil conexões, então aproveite disso para sua divulgação, mas tome cuidado, seja seletivo com as pessoas que você irá se conectar, pois dependendo do objetivo que você tem, algumas pessoas não serão interessantes para sua área. A rede pode até ter grande número de conexões, mas isso não irá ser muito proveitoso sem a interação, sem o relacionamento. É preciso se destacar oferecendo serviços, recomendando e até sendo recomendado.

Cuidados necessários

Cuidado com a velocidade que você irá se conectar com as pessoas, pois dependendo da frequência da sua atividade, o aplicativo pode te bloquear.

Seja ativo, compartilhe artigos, seus insights, suas opiniões, sem se tornar alguém cansativo. Evite assuntos que geram polêmicas, filtre o conteúdo que você deseja compartilhar. Vise a contribuição da sua rede, a vincule com coisas relacionadas a sua área e fazendo comentários nas publicações para gerar engajamento.

Agora você já sabe como ter um perfil de sucesso na rede mais utilizada pelos recrutadores no mundo inteiro, siga todos esses passos e veja sua carreira decolar

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top