Itaú Unibanco lança novo conceito de aplicativo para 100% dos correntistas

Itaú Unibanco lança novo conceito de aplicativo para 100% dos correntistas

Banco passa a oferecer mais facilidade no uso do app e ganho de velocidade em transações

O Itaú Unibanco redesenhou a experiência de uso de seu aplicativo. Agora, todos os correntistas do banco já podem acessar uma versão do app mais ágil e intuitiva, com significativas evoluções em termos de tecnologia, interface e usabilidade baseadas no uso de dados. Para isso, o banco desenvolveu o conceito Itaú Design Language (IDL), novo padrão que representa o futuro de relacionamento do Itaú com os clientes.

A nova linguagem é baseada em princípios claros, com objetivo de criar experiências ágeis, relevantes, simples para os clientes, a partir de uma proposta de valor que também oferece uma camada conversacional contextualizada para deixar a experiência mais próxima. Além disso, os clientes terão mais controle de sua gestão financeira e maior possibilidade de customização, podendo adicionar ou remover componentes e atalhos para tornar sua jornada mais funcional a partir de cada necessidade.

Nova experiência valoriza tempo do cliente com jornadas mais ágeis

Clientes do iti Itaú e Itaú Personnalité foram os primeiros a ter acesso ao Itaú Design Language, que foi disponibilizado gradativamente a partir do primeiro trimestre deste ano. Agora, a evolução chega também aos segmentos Itaú Agências, Itaú Uniclass e Itaú Private Bank, totalizando 100% da base de correntistas do banco de forma adaptada para cada perfil e necessidade de uso. Para os clientes Personnalité que já utilizam o aplicativo com novo layout e experiência de uso proporcionada pelo IDL, as jornadas de Pix, por exemplo, alcançaram ganhos de velocidade de até 30% em relação à experiência anterior.

A evolução do app contemplou ainda a implantação de uma nova área de experiências na tela que antecede o acesso à conta. Nela, o cliente tem acesso a uma série de atalhos úteis para seu dia a dia, tornando possível antecipar jornadas de transferências e outros pagamentos, além de consulta de extrato e outras funcionalidades, o que torna a experiência direta ao ponto, mantendo os habituais padrões de segurança Itaú. Desde a sua implantação, cerca de 40% dos clientes utilizam esses atalhos de forma recorrente.

Outra mudança significativa ocorreu na página inicial, com informações claras e relevantes sobre a conta do cliente, que o auxiliarão no dia a dia, como notificações de transações realizadas, atalhos de recorrência e outras ferramentas que facilitem sua vida financeira.

“A nova experiência é a reafirmação do nosso foco total em cliente. Nas transações mais recorrentes, a jornada precisa ser muito ágil e poupar tempo e esforço. Um outro aspecto onde investimos bastante foi na hiper-contextualização e comunicação individualizada, em função do comportamento e necessidade de cada cliente, em cada momento do tempo. Ao trazermos essa evolução para o aplicativo, estamos alavancando nosso nível de qualidade de experiência para um patamar significativamente superior, pautado em princípios de alta sofisticação e padronização em nossa linguagem, identidade e tecnologias que as sustentam. O novo app será uma plataforma em constante evolução e nossos clientes podem esperar uma série de outras novidades nos próximos meses”, afirma João Araújo, diretor de Negócios, Plataformas e Experiências Digitais do Itaú Unibanco.

Mirian Gasparin

Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 50 anos na área de jornalismo, sendo 48 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 16 anos de blog, mais de 35 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 20 prêmios, com destaque para o VII Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º e 3º lugar na categoria webjornalismo em 2023); Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *