BMW lidera pelo quinto ano consecutivo o segmento premium

BMW lidera pelo quinto ano consecutivo o segmento premium

BMW emplacou 15.113 unidades no Brasil em 2023, aumento de 9,8% em relação a 2022

As marcas BMW e MINI fecharam 2023 com números expressivos de crescimento em vendas no mercado brasileiro. Pelo quinto ano consecutivo, a marca BMW é a líder do segmento premium, com um total de 15.113 unidades emplacadas em 2023, um crescimento de 9,8% em relação a 2022. Os modelos Série 3 e X1, produzidos na planta de Araquari (SC), mantiveram a sua liderança no segmento premium total.

“Em meu primeiro ano à frente do BMW Group Brasil, gostaria de agradecer aos nossos colaboradores e concessionários pela dedicação e pelo comprometimento ao longo de 2023, trabalhando sempre com foco total na satisfação do cliente. Graças à confiança e preferência dos nossos clientes, atingimos o quinto ano de liderança no segmento premium no mercado brasileiro”, afirma Maru Escobedo, Presidente e CEO do BMW Group Brasil, que assumiu a posição em janeiro de 2022.

No ano passado, a marca BMW lançou modelos importantes em diversos segmentos, que contribuíram para o sucesso de vendas, entre eles os modelos a combustão (BMW X1 e M2), os híbridos leves (BMW X6 e X7), os híbridos plug-in (BMW X5) e os puramente elétricos (BMW iX M60 e i7). É o verdadeiro significado de Technology Openess. “Essa Abertura Tecnológica também contribuiu para o aumento na participação de vendas de modelos eletrificados, chegando ao patamar histórico de 25% do total de vendas da BMW no país. Ou seja, um em cada quatro BMW vendido é híbrido ou elétrico, o que confirma a nossa estratégia em direção a um futuro elétrico, digital e circular”, completa Escobedo.

Já a MINI teve um crescimento ainda maior de vendas em 2023: aumento de 31% em relação a 2022, atingindo 1.573 unidades emplacadas no ano. A participação de modelos eletrificados também bateu recordes: 63% do total de vendas. Destaque para os modelos MINI Cooper S E e MINI Countryman ALL4, além das novas séries especiais MINI Multitone Edition e MINI Unchartered Edition. O ano de 2023 também foi marcante para a MINI, por celebrar 25.000 unidades vendidas no Brasil desde 1995.

Modelos de alto luxo registram crescimento recorde

As marcas BMW e MINI também bateram recordes em segmentos importantes. O crescimento de vendas de modelos híbridos e elétricos foi de 31% na BMW e 51% na MINI, em relação ao ano passado. As vendas de esportivos BMW M também registraram alta de 46%, impulsionado pelo sucesso do novo BMW M2, além dos modelos M3 e X6M renovados.

Outro importante segmento que registrou números sólidos de vendas foi o de alto luxo, com crescimento de 226% -o lançamento dos novos BMW i7 e BMW X7 foram decisivos nesse crescimento em 2023. Na marca MINI, a linha esportiva John Cooper Works atingiu 12% de participação de vendas no ano passado, acima da média global dentro da marca MINI.

 

Mirian Gasparin

Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 50 anos na área de jornalismo, sendo 48 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 16 anos de blog, mais de 35 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 20 prêmios, com destaque para o VII Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º e 3º lugar na categoria webjornalismo em 2023); Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *