Cipla Condor investe R$ 30 milhões na aquisição de duas empresas em Joinville

Cipla Condor investe R$ 30 milhões na aquisição de duas empresas em Joinville

Grupo paranaense está diversificando os negócios

A Cipla Condor Indústria Plástica, pertencente ao Grupo Zonta, anuncia a aquisição da IBT Plásticos e IBT Moldes, com um investimento que soma R$30 milhões em um período de dois anos. Com esta aquisição, a Cipla expande sua atuação no mercado e fortalece sua presença nos segmentos que já atende.

A estratégia deve fazer a indústria joinvilense crescer 40% a mais em 2024 em relação ao ano anterior. Além disso, somando os 100 funcionários das empresas adquiridas, a empresa passa a ter uma equipe com 350 colaboradores.

Segundo o CEO da Cipla, Robson Fernandes, o objetivo da fusão das operações é maximizar os lucros e aumentar o poder de produção da empresa, transformando toda a operação dentro da indústria. “Adquirimos a Cipla há menos de um ano e, desde então, ela tem comprovado todo o potencial que fez o Grupo Zonta diversificar seus negócios”, afirma.

A estratégia da incorporação inclui a transferência gradual de maquinários para a Cipla, buscando consolidar toda a produção em um único local. Com a aquisição da IBT Moldes, também será ampliada a estrutura da Cipla para o desenvolvimento de novos produtos e serviços para seus clientes.

Não será descontinuado nenhum produto das empresas adquiridas, pois eles farão parte de nova carteira de clientes. “Esta abordagem reforça nossa determinação em manter e fortalecer os relacionamentos estabelecidos por essas empresas”, completa o CEO.

A Cipla estava em recuperação judicial desde 2019 e foi adquirida pelo Grupo Zonta, que detém as operações da Rede Condor de supermercados, por meio de um leilão em maio de 2023. Com 60 anos de história, a Cipla possui uma linha de 900 produtos plásticos para os segmentos hospitalar, automotivo e construção civil. Em 2024, deve começar a operar uma nova linha para produção de sacolas plásticas.

Grupo Zonta

O Grupo Zonta possui 67 lojas, entre supermercados, hipermercados, atacarejos e atacado em 20 cidades do Paraná e Santa Catarina, além de atuar no setor imobiliário, de postos de combustíveis, logística, administração de crédito, processamento de carnes e frios e no setor publicitário.

Considerada uma das maiores redes de varejo do Brasil, hoje, também conta com uma central de distribuição com mais de 70 mil m² em Curitiba, responsável pelo abastecimento diário das lojas da rede. São mais de 13 mil colaboradores que fazem parte do Grupo e que garantem o atendimento a mais de 60 milhões de clientes por ano.

 

Mirian Gasparin

Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 50 anos na área de jornalismo, sendo 48 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 16 anos de blog, mais de 35 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 20 prêmios, com destaque para o VII Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º e 3º lugar na categoria webjornalismo em 2023); Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *