Cooperativa Vinícola Garibaldi brinda seus 93 anos

Cooperativa Vinícola Garibaldi brinda seus 93 anos

Estabelecimento relembra surgimento do negócio ocorrido no dia 22 de janeiro de 1931

A Cooperativa Vinícola Garibaldi ergue um brinde em comemoração à sua trajetória que completa 93 anos no dia 22 de janeiro. Ao longo destas mais de nove décadas, a marca tem se posicionado no mercado a partir de suas crenças nos valores cooperativos. Desta forma, construiu uma história que perpassou por diferentes épocas, cenários econômicos e estilos de produtos. Mas sempre mantendo a convicção de que, a partir do trabalho coletivo com um mesmo propósito, é possível avançar através do tempo de modo sustentável.

Foi assim que a Cooperativa Vinícola Garibaldi se transformou numa das marcas mais queridas não apenas do público, como atestam as condecorações de Top of Mind, Carrinho Agas e Marcas de Quem Decide, mas também da crítica, como comprovam suas mais de 80 medalhas recebidas em concursos internacionais no ano passado. Esse panorama é resultado de uma atuação focada na valorização de cada um dos 450 cooperados e numa filosofia que prega a geração de valor a partir de ações que promovam o bem a todas as partes interessadas, do cooperado ao funcionário, do fornecedor ao consumidor, de modo a se disseminar por toda a sociedade.

Entregando em cada rótulo o compromisso com a qualidade e com as boas práticas que regem sua gestão, tanto no campo quanto nas relações interpessoais, a Cooperativa Vinícola Garibaldi comemora, além do reconhecimento, um modelo de negócio em sintonia com um mundo mais verde e mais inclusivo. O cooperativismo, reconhece a Organização das Nações Unidas (ONU), ajuda a alcançar os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs).

A razão para isso está na prática de valores como ajuda mútua, igualdade, solidariedade, transparência e responsabilidade social –alguns dos princípios cooperativistas. Essas marcas acompanham, desde 1931, a trajetória da cooperativa, iniciada através do esforço coletivo de 73 pequenos produtores a fim de alcançarem melhores condições de comercialização de suas produções. Continua sendo esse o perfil das famílias que, passadas mais de nove décadas, fazem a grandeza do estabelecimento. Pequenos produtores que, a partir da singularidade de cada um, constroem a pluralidade que sustenta o negócio. E que seguirá regendo a história ainda a ser escrita da Cooperativa Vinícola Garibaldi.

Crédito da foto: Augusto Tomasi

Mirian Gasparin

Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 50 anos na área de jornalismo, sendo 48 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 16 anos de blog, mais de 35 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 20 prêmios, com destaque para o VII Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º e 3º lugar na categoria webjornalismo em 2023); Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *