Reajuste de produtos de limpeza fica abaixo da inflação em 2023

Reajuste de produtos de limpeza fica abaixo da inflação em 2023

Desde o início da pandemia, apenas em 2022 os preços dos produtos de limpeza subiram mais que a inflação

Em 2023, os preços dos produtos de limpeza, no Brasil, sofreram reajustes abaixo da inflação, pela 5ª vez nos últimos 10 anos. Segundo levantamento realizado pela  Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Higiene, Limpeza e Saneantes de Uso Doméstico e de Uso Profissional (Abipla), com base nos dados do IPCA – Índice Geral de Preços ao Consumidor Amplo, o reajuste nos valores dos produtos de limpeza foi de 1,22% no ano passado, enquanto a inflação geral ficou em 4,62%.

“Desde o início da pandemia, apenas em 2022 os preços dos produtos de limpeza ficaram acima da inflação, e isso porque, naquela época, a desorganização das cadeias produtivas internacionais e o óleo diesel e a energia elétrica com preços muito elevados induziram o produtor industrial do segmento a promover o reajuste de valores, necessário para que as empresas pudessem continuar operando. Com a normalização de estoques e insumos, voltamos a um cenário mais condizente com o histórico da indústria de saneantes, que costuma apresentar inflação similar ou até menor que a do índice geral”, analisa Paulo Engler, diretor-executivo da Abipla.

Também há diferença se comparado ao INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor, que apontou que a inflação nacional de 2023 ficou em 3,71%, em comparação ao reajuste de preços no segmento de produtos de limpeza, que ficou em apenas 0,88%, com diversos produtos apresentando deflação no período, como detergente (-0,70%), sabão em barra (-5,68%) e esponja de limpeza (-4,57%).

“É interessante que, além da deflação em alguns itens, diversos produtos essenciais para a saúde pública brasileira tiveram reajustes menores que os da inflação, segundo o INPC, entre eles produtos para desinfeção de ambientes e superfícies, como a água sanitária (+0,23%), e itens muito usados no dia a dia das famílias brasileiras, caso do sabão em pó (+1,06%) e amaciante a alvejante (+1,62%)”, afirma o diretor-executivo da Abipla.

Saúde pública

A preocupação com a saúde pública, por sinal, tem levado a entidade a elaborar diversas campanhas para o uso consciente dos produtos de limpeza e até a melhor maneira de se utilizar os saneantes na limpeza de superfícies e ambientes. Entre os destaques, a campanha realizada com o CFQ – Conselho Federal de Química contra as misturas caseiras de limpeza, o Guia de Produtos de Limpeza, que esclarece as principais dúvidas sobre saneantes e suas aplicações e a cartilha de limpeza pós-enchentes.

“Nosso setor é fundamental para a saúde pública, já que os produtos de limpeza são uma espécie de ‘primeira vacina’ contra diversos tipos de contaminações. Não por acaso é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que completa 25 anos de fundação no próximo dia 26 de janeiro, é nossa agência reguladora e parceira. Produto de limpeza é saúde pública e o uso consciente dos saneantes pode salvar vidas”, completa Engler.

Mirian Gasparin

Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 50 anos na área de jornalismo, sendo 48 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 16 anos de blog, mais de 35 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 20 prêmios, com destaque para o VII Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º e 3º lugar na categoria webjornalismo em 2023); Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *