Terminal de Contêineres de Paranaguá anuncia novo serviço semanal de cabotagem

Terminal de Contêineres de Paranaguá anuncia novo serviço semanal de cabotagem

Operado pelo armador Norcoast, rota conta com quatro embarcações

No mês de fevereiro, a TCP, empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, anuncia a inclusão de mais um serviço semanal em seu portifólio: a linha de cabotagem oferecida pelo armador Norcoast, que teve sua atracação inaugural nesta quinta-feira, dia 8. A rota conta com quatro embarcações, que fazem escalas em Paranaguá (PR), Santos (SP), Suape (PE), Pecém (CE) e Manaus (AM).

Com 224 metros de comprimento, 35 metros de largura e capacidade para transportar 3.510 TEUs, o porta-contêineres NC Brisa foi a primeira embarcação da nova linha a chegar ao Terminal de Contêineres de Paranaguá. O serviço da Norcoast vai gerar, em média, uma movimentação de 720 TEUs (20 pés de comprimento de contêiner) por atracação no terminal.

Entre os principais produtos que devem ser movimentados nesta rota estão os bens de consumo e eletroeletrônicos, carvões/minerais ativados, vidros, carnes, papel e celulose, madeira, e refrigeradores e congeladores.

A gerente comercial de armadores da TCP, Carolina Brown, afirma que a cabotagem “é uma solução logística de extrema importância para a cadeia logística nacional. Nossos clientes tem agora uma nova opção de serviço e capacidade adicional em Paranaguá para transportar suas mercadorias de norte a sul do Brasil”.

Utilizada para o deslocamento de contêineres entre portos localizados em diferentes regiões do mesmo país, a cabotagem é uma alternativa econômica e segura, que minimiza os riscos de avarias e sinistros, além de emitir menos de gases de efeito estufa se comparado a outros modais.

Líder na oferta de serviços marítimos no Brasil

Com 22 serviços semanais, a TCP é o maior concentrador de escalas marítimas do país. O grande fluxo de embarcações fez com que, em dezembro de 2023, o terminal alcançasse um novo recorde de navios atracados em um único mês, número que chegou a 83.

Em janeiro de 2024, o Terminal de Contêineres de Paranaguá foi o primeiro terminal brasileiro a receber um porta-contêineres com 366 metros de comprimento, o maior já operado no país. “Um dos pilares de nossa estratégia é atuar como um hub portuário para os armadores, centralizando suas operações de maneira segura e eficiente”, conclui Carolina.

 

Mirian Gasparin

Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 49 anos na área de jornalismo, sendo 47 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 16 anos de blog, mais de 35 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 20 prêmios, com destaque para o VII Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º e 3º lugar na categoria webjornalismo em 2023); Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *