Banco Safra apresenta perspectivas econômicas para 2024 e desafios financeiros para o RS

Banco Safra apresenta perspectivas econômicas para 2024 e desafios financeiros para o RS

Ibef Paraná trouxe o diretor de Estratégia Econômica e Relações com Mercados do Banco Safra, Joaquim Levy, para conduzir a discussão com 24 líderes de grandes empresas

O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Paraná promoveu, no dia 21, um encontro para diretores financeiros de grandes empresas paranaenses, com o objetivo de discutir as expectativas econômicas regionais, nacionais e internacionais para 2024, incluindo os desafios que serão enfrentados pela economia com os desastres no Rio Grande do Sul. O convidado especial para debater o assunto foi Joaquim Levy, diretor de Estratégia Econômica e Relações com Mercado no Banco Safra.

Em relação ao cenário econômico, o último Relatório Focus, apresentado dia 20 de maio, indica que os especialistas projetam crescimento do PIB de 2,05% em 2024, contra 2,09% no relatório anterior, e um aumento na previsão da taxa Selic ao final do ano, agora em 10%, ante os 9,75% esboçados no relatório anterior.  Para o palestrante e Diretor de Estratégia Econômica e Relações com Mercados do Banco Safra, Joaquim Levy, o momento é de reconhecer os desafios e oportunidades para a economia do país.

“O país continua com uma balança comercial forte, inflação caminhando para a meta e nível de emprego saudável. As condições externas, apesar de incertas, não são desfavoráveis ao Brasil e as empresas estão com caixa, criando os incentivos para avaliarmos as condições externas e os sinais aqui no Brasil que permitam tomarmos decisões seguras sobre investimento, para elas gerarem mais PIB e emprego, ajudando a vencer os desafios fiscais, inclusive em face do apoio que o Rio Grande do Sul irá precisar, dado que o desastre lá certamente impacta todo o país”, afirma Levy.

A discussão se configurou em uma ampla mesa redonda com a presença de grandes marcas, como Renault, Britânia, Furukawa Electric, Nissei e outras. A presença de tantas empresas trouxe uma pluralidade de ideias e trocas de experiências valiosas, segundo o vice-presidente do IBEF-PR, Carlos Alexandre Peres. “A participação de todos os CFO’s foi bastante efetiva, todos os representantes puderam falar, trazer seus questionamentos, suas expectativas, com diferentes mercados como a indústria farmacêutica, automobilística, o agronegócio, serviços, saúde, proporcionando uma troca de experiências muito rica, o que é um dos principais objetivos do IBEF-PR perante a comunidade executiva financeira”, explica Peres.

Para a participante convidada Bruna Hadad, CFO da Wap, o evento foi extremamente enriquecedor, não apenas pela excelente exposição de Joaquim Levy, que trouxe diversos ângulos econômicos de reflexão e análise, mas também pela troca entre CFOs. “É importantíssimo conhecer e discutir as diferentes percepções econômico-financeiras das demais empresas e setores. É um orgulho ser parte desse grupo e participar dessa troca enriquecedora”.

O evento contou com o patrocínio de Gaia Silva Gaede Advogados, Valore Elbrus, TOTVS e Grant Thornton.

Mirian Gasparin

Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 50 anos na área de jornalismo, sendo 48 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 16 anos de blog, mais de 35 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 20 prêmios, com destaque para o VII Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º e 3º lugar na categoria webjornalismo em 2023); Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *