Inteligência artificial ajuda Cascavel a aumentar em 20% arrecadação antecipada do IPTU

Inteligência artificial ajuda Cascavel a aumentar em 20% arrecadação antecipada do IPTU

Processo mais simples permite ao contribuinte gerar boleto em apenas cinco cliques e fazer pagamento sem sair de casa

O uso de inteligência artificial pode ser uma estratégia eficaz para aumentar a arrecadação dos municípios. Em Cascavel, a Prefeitura superou em 20% a estimativa inicial de recursos que ingressaram no caixa após simplificar o processo de antecipação do pagamento do IPTU com ajuda de uma assistente virtual inteligente. Somente no modelo de pagamento à vista, foram arrecadados aproximadamente R$ 100 milhões em 90 dias de campanha. A estimativa deste período era de arrecadação de R$ 80 milhões com o programa de benefícios para pagamento antecipado. “O cidadão acessa o site e com apenas cinco cliques consegue emitir o boleto ou gerar o pix. Em anos anteriores, o caminho era muito mais longo”, diz o Secretário de Comunicação do município, Mozzart Carvalho Piccoli.

A comodidade agradou os cidadãos. Mozzart cita como exemplo da mudança as postagens nas redes sociais sobre a campanha de antecipação. Em 2023, elas geraram 500 cliques no sistema da prefeitura. Esse ano foram dois mil acessos à assistente virtual.

Desenvolvida pela Govtech IPM Sistemas, a assistente virtual Dara usa técnicas de processamento de linguagem neural para facilitar o contato com o cidadão e é capaz de compreender as necessidades dos usuários e fornecer respostas certeiras de forma instantânea. Ou seja: entende o que está escrito mesmo se as pessoas cometerem algum erro de digitação, o que torna a conversação mais fluida. Até o momento, a IA foi treinada com mais de 500 mil perguntas diferentes da população, baseadas em demandas recebidas por prefeituras de todo o País. Cada nova demanda recebida de um cidadão pode gerar novo conhecimento, tornando mais assertivas as respostas.

“Agilizando as respostas para a população, conseguimos desafogar o atendimento, deixando para a intervenção humana casos mais complexos”, explica Ana Mees, Head de Inteligência Artificial da IPM Sistemas. Essa abordagem mais humanizada e inteligente diferencia Dara de outros chatbots e assistentes virtuais convencionais. “Pode ser muito frustrante tentar resolver um problema e se deparar com um chatbot no WhatsApp que age mais como um direcionador de demanda, robotizando o atendimento mas sem chegar à solução. Partimos disso para oferecer mais. A Dara entende o que o usuário vai solicitar da forma que ele se comunica, sem restringir as opções. Ela tem a capacidade de compreender e dar uma resposta mais adequada e rápida ao cidadão”, diz Ana Mees.

Mirian Gasparin

Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 50 anos na área de jornalismo, sendo 48 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 16 anos de blog, mais de 35 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 20 prêmios, com destaque para o VII Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º e 3º lugar na categoria webjornalismo em 2023); Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *