Semana da Indústria destaca força do setor e legado deixado por empresários

Semana da Indústria destaca força do setor e legado deixado por empresários

Presidente do Sistema Fiep defende debate em prol de política industrial

Após uma rodada de solenidades no interior do Estado, a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) encerrou a Semana da Indústria 2024 com uma festividade em Curitiba, na noite desta segunda-feira (27). Participaram da comemoração alusiva ao Dia Nacional da Indústria, celebrado em 25 de maio, lideranças industriais, presidentes de sindicatos, empresários e autoridades de toda a região metropolitana da capital. Durante o evento, a Fiep prestou homenagens a industriais com destacada atuação pelo desenvolvimento da indústria paranaense. Cláudio Grochowicz, do Grupo Jamari, recebeu a medalha do Mérito Industrial, enquanto Teodoro Hübner Filho, da WHB Brasil, foi reconhecido postumamente com o título de Benemérito da Indústria.

O presidente do Sistema Fiep, Edson Vasconcelos, avaliou que a retomada da Semana da Indústria, com solenidades em todas as regiões do Estado, reforça a importância da indústria e o papel dos empresários para o desenvolvimento do Paraná. “É com grande satisfação que terminamos um ciclo de atividades em comemoração ao Dia da Indústria. Um ciclo que não só mostra a pujança da indústria, mas o legado que ela deixa por meio daqueles que tanto fazem, que são esses industriais que temos orgulho de homenagear”, afirmou.

Ele ressaltou, ainda, que a reaproximação da Fiep com todas as regiões, realizada também por meio da Semana da Indústria, faz parte de um trabalho mais amplo que a atual diretoria da entidade vem desenvolvendo para a construção de uma política industrial que permita maior crescimento ao setor. “Sabemos da responsabilidade de projetar um estado que cresce mais do que todos os outros. E não podemos virar as costas para os problemas de um estado que tanto cresce. Temos problemas de energia, de infraestrutura e de conectividade que não acompanham o crescimento industrial”, declarou. “Por isso, precisamos ter serenidade e não podemos fugir do debate, que não é algo que corrói ou deprecia, mas é algo que constrói. Nós, da Federação, sempre usaremos a técnica e a institucionalidade para promover bons debates”, disse.

O evento em Curitiba teve a participação de diretores da Fiep, presidentes de sindicatos empresariais e lideranças industriais e de outros segmentos econômicos de toda a região metropolitana. Também estiveram presentes, entre outras autoridades, o senador Sérgio Moro, o deputado federal Toninho Wandscheer, os secretários de Estado da Indústria, Comércio e Serviços, Ricardo Barros, e das Cidades, Camila Mileke Scucato, e os deputados estaduais Ricardo Arruda, Luiz Cláudio Romanelli e Ney Leprevost.

Mérito Industrial

O ponto mais importante da celebração da Semana da Indústria em Curitiba foi o reconhecimento a empresários da região. Cláudio Grochowicz, presidente do Grupo Jamari, foi homenageado com a medalha do Mérito Industrial. A condecoração é concedida pela Fiep a empresários ou empresas que prestam serviços relevantes para o desenvolvimento do parque industrial paranaense.

Diretor da Fiep, Cláudio Grochowicz é engenheiro mecânico formado pela UFPR, com pós-graduações em diversas áreas. Desde 2005 preside o Grupo Jamari, holding controladora da Terra Rica, empresa líder na produção de calcário agrícola no Paraná, situada em Almirante Tamandaré. Ao longo dos anos, a Terra Rica diversificou suas operações, incluindo a produção de agregados para construção civil e o lançamento de produtos inovadores, como o Fertilizante AglimeMIX.

A empresa participa ativamente do mercado de calcário agrícola através da Central de Vendas de Calcário Nutrical, e também se aventura em novos segmentos, como a produção de mármore dolomítico, lançando o produto Alba Pietra, em 2019. Esses empreendimentos refletem o compromisso da Terra Rica com a inovação e o crescimento sustentável em diferentes setores da indústria.

Ao receber a medalha, Grochowicz dividiu a homenagem com sócios, colaboradores e parceiros da Terra Rica. “Estamos felizes com tudo o que temos realizado, principalmente porque já passamos por tantas crises e desafios desde que a empresa foi fundada por meu pai junto com um grupo de acionistas”, afirmou. Além disso, destacou que a honraria é um reconhecimento também a sua dedicação para o desenvolvimento da indústria mineral paranaense como um todo. Atualmente, o empresário coordena o Conselho Setorial da Indústria Mineral da Fiep.

A homenagem a Cláudio Grochowicz foi proposta pelo Sindicato das Indústrias de Extração de Mármores, Calcários e Pedreiras no Estado do Paraná (Sindemcap).

Benemérito da Indústria

Já Teodoro Hübner Filho foi homenageado com o título de Benemérito da Indústria, que reconhece empresários já falecidos que se dedicaram ao crescimento do setor no Paraná. Nascido em Canoinhas (SC), em 1949, Teodoro revelou desde cedo um espírito empreendedor. Após concluir o curso de torneiro mecânico no Senai, em Ponta Grossa, mudou-se para Curitiba, onde frequentou o curso técnico em Mecânica no CEFET do Paraná.

Com seu irmão Nelson Hübner, fundou a Hübner Indústria Mecânica Ltda, em 1980. Apesar das adversidades, a empresa prosperou, destacando-se pela instalação pioneira de uma máquina CNC com troca automática de ferramentas, impulsionando a eficiência da produção e consolidando sua reputação. Teodoro expandiu seus negócios ao longo dos anos, incluindo a WHB Brasil, líder no setor de usinagem. Sua visão empreendedora e foco na modernização e qualidade levaram a empresa a reconhecimento internacional. O empresário faleceu em 28 de fevereiro de 2021.

Discursando em nome da família do benemérito, o filho Adriano Hübner destacou o caráter trabalhador e empreendedor do pai. “Ele era uma pessoa muito inteligente, focada e, de certa forma, destemida. Era um profundo conhecedor de processos e fazia questão de auditar as linhas de produção”, lembrou. “E ele sempre foi um empreendedor, mas se preocupou muito também com as pessoas, dando oportunidades para os nossos funcionários. Tinha uma mente realmente brilhante e era um homem de grande coração”, completou.

A homenagem a Teodoro Hübner Filho foi proposta pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico do Paraná (Sindimetal-PR).

Outras regiões

Além de Curitiba, as celebrações e homenagens da Semana da Indústria 2024 aconteceram em Guarapuava, nos Campos Gerais, na segunda-feira (20), em Francisco Beltrão, no Sudoeste, na terça (21), em Cascavel, no Oeste, na quarta (22), em Maringá, no Noroeste, na quinta (23), e em Apucarana, no Norte, na sexta (24).

Crédito das fotos: Gelson Bampi

Mirian Gasparin

Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 50 anos na área de jornalismo, sendo 48 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 16 anos de blog, mais de 35 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 20 prêmios, com destaque para o VII Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º e 3º lugar na categoria webjornalismo em 2023); Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *