You are here
Home > Sem categoria > Associativismo garante qualidade e amplia a oferta do café no Norte Pioneiro

Associativismo garante qualidade e amplia a oferta do café no Norte Pioneiro

Cafeicultores do Norte Pioneiro do Paraná, dos municípios de Abatiá e Ribeirão Claro, reúnem-se em associações para melhorar a qualidade e a comercialização dos cafés. O objetivo desses núcleos, que são ligados á  Associação de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (ACENPP), é ampliar a oferta de cafés especiais na região e solucionar questões específicas de cada uma das localidades.

A Associação de Produtores de Cafés Especiais de Ribeirão Claro (PACE) conta com 19 associados.  Nos dois municípios, além do apoio do Sebrae/PR, as respectivas prefeituras e o Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) assistem as associações com o fornecimento de auxílio técnico para a produção do café.

Para o consultor do Sebrae/PR em Jacarezinho e gestor do Programa Cafés Especiais do Norte Pioneiro, Odemir Capello, o associativismo é o caminho para garantir a sobrevivência do produtor. Na sua avaliação, o associativismo viabiliza maior participação, reúne o volume necessário para negociar melhor a venda e cria espaços de diálogo entre a sociedade organizada e o poder público. Também facilita a conquista de novos mercados, o enfrentamento da concorrência, a ampliação da participação no mercado e o acesso a tecnologia, destaca.

Deixe uma resposta

Top