You are here
Home > Sem categoria > Rede de franquias reutiliza materiais para móveis, gôndolas e pisos

Rede de franquias reutiliza materiais para móveis, gôndolas e pisos

No Brasil, são produzidos por dia quase 230 toneladas de lixo, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Vão parar em vazadouros 73% deste lixo, sendo que os outros 27% têm como destino final terrenos baldios, matas, rios e córregos. Preocupada com este cenário, a Nação Verde, rede de franquias que desenvolve e comercializa produtos naturais e orgá¢nicos, implantou a reutilização de madeiras e detritos de pisos para elaboração dos móveis, gôndolas e pisos em suas novas unidades. Além de sustentável, a reutilização desses materiais reduziu, em média, 20% a reforma de cada franquia, diminuindo também o valor do investimento inicial sem interferir na qualidade ou no conforto aos clientes.

A proposta da marca é promover nas pessoas uma consciência de consumo saudável e, também, sustentável. Nossa preocupação em adotar práticas que colaborem com a preservação do meio ambiente também se reflete em números positivos para a empresa. A redução de descartáveis e gastos com energia elétrica em 60% são bons exemplos”, explica Ricardo Cruz, fundador da Nação Verde.

Entre outras formas de contribuir com o meio ambiente que adotou no modelo de franquia da empresa, Cruz elenca o treinamento para franqueados de como separar de forma rápida o lixo  reciclável do orgá¢nico; projeto luminotécnico que reduz em até 60% o consumo de energia de cada unidade; não utilização de descartáveis, como copos, pratos, talheres, entre outros, que representam uma redução de lixo significativa para o meio ambiente e economia para o empreendedor; utilização de sacolas de papel; limpeza realizada com produtos 100% naturais produzidos pela própria empresa; não comercialização de quaisquer produtos que contenham glutamato, conservantes agressivos e aditivos que possam prejudicar a saúde.

Vale lembrar que a  rede de franquias Nação Verde foi criada em 2010 pelo empreendedor Ricardo Cruz com a proposta de estimular nas pessoas o hábito de consumo saudável e sustentável.

Deixe uma resposta

Top