You are here
Home > Sem categoria > Brasil é o maior mercado de perfumaria do mundo

Brasil é o maior mercado de perfumaria do mundo

perfumaria-natura-1Acompanhando o consumo, o lançamento de perfumes vem crescendo a cada ano. Aliás, a perfumaria é hoje a terceira categoria que mais cresce no mercado de produtos de beleza, ficando atrás apenas de sabonetes e maquiagem. Só para se ter uma ideia, o Brasil é o maior mercado de perfumaria do mundo, com um faturamento anual de quase R$ 7 bilhões.

Eu entrevistei o diretor regional Sul da Natura, Daniel Levy, e ele me disse, que com o aumento do poder econômico da população as fragrâncias tornaram-se mais acessíveis e a competitividade neste mercado cresceu ainda mais. Diante dessa situação, o ritmo do mercado se acelerou e começa a exigir dos players maior esforço de diferenciação em posicionamentos, conceitos e propostas. E isso pode ser medido pelos números. Em 1985, 100 fragrâncias foram lançadas no mundo todo. Dez anos depois, este número dobrou, chegando a 200. E, somente em 201, mais de mil novos perfumes foram lançados.

O diretor da Natura no Sul do País considera que a perfumaria é o espelho da sociedade. Com excesso de lançamentos e de informações cada vez mais acessíveis para o público consumidor, a maioria das marcas vem se obrigando a apresentar propostas cada vez mais idealizadas.

A Natura é a maior marca de perfumaria do Brasil e se destaca na preferência masculina, feminina e infantil. Segundo Levy, asDaniel Levy, diversas marcas permitem que a empresa seja líder de mercado em todas as regiões do país atendendo as diversas necessidades e às peculiaridades regionais, fruto da cultura diversa do Brasil, que resulta em perfis de consumidores muito diversos. “Consumidores que apresentam diferenças de hábito de uso que vão desde a aplicação do produto em si até a relação com a categoria, os motivos de uso (sedução, romantismo, status, autenticidade, tradição…) que podem variar de acordo com a ocasião”, explica.

Outro setor da indústria de beleza que vai muito bem é o de shampoos, pois cuidar dos cabelos é um dos maiores hobbies das brasileiras. Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Ibope de Inteligência, no Brasil as mulheres chegam a gastar até 35 minutos por dia arrumando o cabelo, e usam cerca de cinco produtos para tratar e manter os fios diariamente. O Brasil é o segundo maior mercado consumidor de produtos capilares do mundo e o segundo país com maior gasto por pessoa. O “kit básico” é formado por shampoo, condicionador, máscara de tratamento, creme para pentear e reparador de pontas. Cada brasileiro gasta por ano, em média, o equivalente a US$ 26 só com shampoos.

O gasto pessoal com produtos para cabelos representa quase metade das despesas com produtos de higiene e beleza. Além disso, o Brasil é o maior mercado mundial de pós-shampoos, com 22% de presença nesse segmento. No país, produtos específicos para os cabelos correspondem por nada menos do que 33% das vendas do setor.

Com relação a números, a Natura divulgou em fevereiro de 2014 o crescimento de sua receita líquida no 4º trimestre de 2013, que foi de 15.5% em comparação com o mesmo período de 2012. Nos últimos três meses do ano passado, a empresa também registrou EBITDA (sigla em Inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 538,7 milhões e lucro líquido de R$ 294,1 milhões. Ao considerar o ano completo de 2013, a receita líquida consolidada da Natura cresceu 10,5% e alcançou R$ 7 bilhões. O lucro líquido foi de R$ 842 milhões e o EBITDA registrou R$ 1,6 bilhão, um aumento de 6,4% no comparativo a todo o ano de 2012.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

One thought on “Brasil é o maior mercado de perfumaria do mundo

Deixe uma resposta

Top