You are here
Home > Economia > Preço de zero-quilômetro sobe menos que inflação

Preço de zero-quilômetro sobe menos que inflação

carros x inflaçãoOs dados coletados pelo Índice WebMotors mostraram que os preços médios dos veículos zero km, praticados nos anúncios do Portal, apresentaram aumento de 2,3% nos seis primeiros meses de 2014. Isso significa, 1.45 p.p. abaixo do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que foi de 3,75% no mesmo período. Assim, houve uma inversão do quadro registrado no primeiro quadrimestre deste ano, que apontava uma valorização média acima da inflação dos automóveis novos. A desaceleração no aumento da precificação dos modelos novos está relacionada com a queda registrada nas vendas entre janeiro e junho deste ano. Em consequência da menor quantidade de dias úteis, principalmente por conta de feriados e eventos como a Copa do Mundo.

O levantamento do WebMotors – site brasileiro especializado no setor automotivo, líder no segmento e referência em classificados de veículos online – utilizou como base os 49 modelos mais vendidos entre janeiro e junho, conforme divulgado pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

Na lista dos zero-quilômetro avaliados pelo Índice WebMotors, alguns apresentaram queda nas precificações médias dos anúncios analisados. Em janeiro, por exemplo, o Ford Focus S 1.6 16V, com câmbio manual, tinha, de acordo com a base de dados do Portal, de R$ 60.067,00. Em junho passou para R$ 58.496,00: queda de 2,6%. Em segundo lugar no ranking está o modelo Nissan Versa SL 1.6 16V, com câmbio manual. O sedã registrou baixa de 2,4%. Em janeiro, era anunciado por R$ 45.514,00, passando para R$ 44.419,00.

O Índice WebMotors detectou também que o Volkswagen Golf Highline 1.4 TSI 16V, equipado com câmbio automático, desvalorizou 2% no primeiro semestre. O hatch era anunciado em janeiro por R$ 86.919,00 e, no sexto mês desse ano, passou para R$ 85.159,00.

Na outra ponta do cenário, alguns modelos obtiveram uma valorização significativa. Dentre eles está o Toyota Corolla XEi, equipado com motor 2.0 16V e câmbio automático. O carro apresentou alta de 8,3% no período analisado. Em janeiro, era anunciado por R$ 71.720,00 e passou a ser vendido por R$ 77.665,00 em junho. A ascensão deve-se, especialmente, ao lançamento do novo modelo. Além disso, o Corolla apresentava, anteriormente, políticas mais vantajosas de preços, o que não tem ocorrido recentemente.

Também apresentou significativa valorização, ocupando o segundo lugar no ranking, o Chevrolet Agile 1.4 8V, câmbio manual, ano/modelo 2014. O preço subiu 7,3%, de acordo com o Índice WebMotors, saindo de R$ 39.607,00, em janeiro, para R$ 42.517,00 em junho deste ano.

Outro veículo zero-quilômetro que apresentou aumento na precificação média dos anúncios foi o Fiat Palio Weekend Adventure 1.8 16V, com câmbio manual. O avanço na precificação registrada no Índice WebMotors foi de 6,3%. O veículo, que custava R$ 50.638,00 no primeiro mês deste ano, saltou para R$ 53.823,00 em seis meses.

Para a elaboração da análise dos preços de 2014, o Índice WebMotors utilizou informações coletadas em seu banco de dados. O parâmetro considerado foi o universo referente aos veículos usados, com no mínimo seis anúncios diários no site, além dos 49 modelos mais vendidos de acordo com as informações divulgadas pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Nos casos em que os automóveis possuíam mais de uma versão, considerou-se apenas a mais anunciada, tendo como razão o peso ponderado pelo share de vendas do mercado. Além disso, foram excluídos os modelos com valores considerados muito acima ou abaixo do padrão, blindados e com modificações.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top