Fogo de Chão abre seu 40º restaurante

Fogo de Chão - logoO Fogo de Chão, restaurante estilo churrascaria brasileira, abriu seu 40º restaurante na cidade de São Francisco, na Califórnia (EUA), na semana passada, informou a companhia em comunicado. O restaurante é o 29º da rede nos EUA. A empresa tem outros dez restaurantes no Brasil e um no México aberto por meio de uma joint-venture.

“Estamos entusiasmados por continuar expandindo a nossa presença nos principais mercados metropolitanos dos EUA, com a nossa nova localização em São Francisco”, disse o CEO do Fogo de Chão, Larry Johnson, em comunicado. O novo restaurante oferece os cortes de carne tradicionalmente servidos pela rede como picanha e filé mignon, entre outros, além de um buffet com feijoada, saladas, sopas e outros pratos. O restaurante também tem um bar, denominado Bar Fogo, onde são servidas porções menores e pratos para serem compartilhados.

O Fogo de Chão foi criado em 1979, no Rio Grande do Sul, mas atualmente tem sede em Dallas, EUA, e ações negociadas na bolsa de valores Nasdaq desde junho deste ano.

Em setembro, a companhia anunciou que pretendia crescer pelo menos 10% ao ano em número de novos restaurantes próprios abertos, com o objetivo de acrescentar 100 churrascarias nos EUA no longo prazo. Além disso, a companhia busca expandir fora dos EUA, abrindo restaurantes por meio de joint-ventures com parceiros.

Desde o anúncio sobre o plano de expansão em setembro, a rede abriu restaurantes nas regiões metropolitanas de Las Vegas (Nevada) e Houston (Texas), além do mais recente, em São Francisco.
A empresa teve lucro líquido de US$ 7,8 milhões no terceiro trimestre deste ano, um aumento em relação aos US$ 4,5 milhões registrados no mesmo período de 2014.

Mirian Gasparin

Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 50 anos na área de jornalismo, sendo 48 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 16 anos de blog, mais de 35 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 20 prêmios, com destaque para o VII Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º e 3º lugar na categoria webjornalismo em 2023); Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *