Investimento em qualidade nos condomínios logísticos garante à Capital Realty crescimento de 7% em 2015

Rodrigo Demeterco: "O mercado exige que a empresa possua um ambiente mais completo e que ofereça soluções eficientes tanto na armazenagem quanto na distribuição dos produtos".
Rodrigo Demeterco: “O mercado exige que a empresa possua um ambiente mais completo e que ofereça soluções eficientes tanto na armazenagem quanto na distribuição dos produtos”.

A Capital Realty, empresa especializada em desenvolvimento e administração de condomínios logísticos, apresentou crescimento de 7% em 2015, em comparação ao ano anterior. O saldo se deve aos investimentos realizados, promovendo o bom relacionamento e satisfação de seus clientes, que já dispunham de infraestrutura e localização privilegiada. Para este ano, a empresa iniciará as obras de terraplanagem do quarto condomínio na região Sul, o Mega Centro Logístico Canoas (RS).

Segundo o presidente da Capital Realty, Rodrigo Demeterco, o ano passado foi atípico em relação aos negócios, principalmente devido às indecisões das empresas. “Elas estavam aguardando a movimentação do mercado, que estava indefinido devido a questões econômicas e políticas. Por isso, o foco foi no relacionamento com os clientes. Um exemplo do investimento que realizamos foi a contratação de mais profissionais de engenharia de manutenção, que promovem melhorias em nossas estruturas e atendem as demandas de nossos clientes. Com isso, obtivemos fortalecimento da gestão de propriedades e concierge”.

Atualmente, a Capital Realty possui três condomínios logísticos em todos os Estados da região Sul. No Paraná, o Mega Centro Logístico Curitiba, com possibilidade de até 155 mil m² de área total construída e 21 mil m² de área construída entregue; em Santa Catarina, o Mega Centro Logístico Itajaí, com possibilidade de até 87 mil m² de área total construída e 52 mil m² de área construída entregue; e, no Rio Grande do Sul, o Mega Centro Logístico Esteio, com 60 mil m² de área total construída e entregue. Além disso, há dois empreendimentos dedicados a um único cliente (built to suit), localizados em Cubatão (SP) e Colombo (PR).

Apesar das previsões para este ano, Demeterco destaca que o movimento de flight-to-quality, quando as empresas mudam de imóvel em busca de melhor qualidade, reforça as vantagens nas instalações em condomínios logísticos. “O mercado exige que a empresa possua um ambiente mais completo e que ofereça soluções eficientes tanto na armazenagem quanto na distribuição dos produtos, e os condomínios logísticos podem fornecer isso”, reforça Demeterco.

A Capital Realty está desenvolvendo um quarto condomínio, que também vai levar a bandeira “Mega”, será localizado em Canoas (RS) e contará com até 165 mil m² de área total construída. A obra do empreendimento terá início já em 2016 com o começo da terraplanagem. Também haverá ampliações dos Megas em Itajaí e Curitiba.

Outro investimento da Capital Realty diz respeito ao corretor de imóveis. Devido à importância desse profissional, a empresa criou a campanha “Férias Merecidas”, que visa premiar o corretor melhor colocado no ranking criado para avaliar os participantes. A campanha está vigente até o dia 31 de agosto de 2016.

Os corretores de imóveis cadastrados ganham pontos ao prospectar clientes e acompanhar a negociação para locação de armazéns modulares no Mega Centro Logístico Curitiba.

Mirian Gasparin

Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 50 anos na área de jornalismo, sendo 48 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 16 anos de blog, mais de 35 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 20 prêmios, com destaque para o VII Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º e 3º lugar na categoria webjornalismo em 2023); Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *