You are here
Home > Negócios > Grupo Lady&Lord fatura R$ 75 milhões por ano e deve chegar a 21 unidades em 2018

Grupo Lady&Lord fatura R$ 75 milhões por ano e deve chegar a 21 unidades em 2018

A rede atende mais de 50 mil clientes por mês.

Quando inaugurou o Lord Cabelereiros em 1967 no Centro de Curitiba, a família Boff queria oferecer ao público masculino um atendimento diferente das barbearias da época. Em 1983, viu a oportunidade de ampliar os serviços e atender o público masculino e feminino com a inauguração da primeira unidade Lady&Lord no Shopping Muller (Curitiba). 35 anos depois, a marca é uma das maiores redes de franquias no segmento de salão de beleza do Brasil. Além dos salões, o Grupo Lady&Lord também conta com o Centro de Formação de Profissionais da Beleza e, mais recentemente, lançou a marca Atelliê Beauté Art apostando no mercado premium.

Em pleno processo de expansão, o Lady&Lord deve fechar o ano de 2018 com 21 salões de beleza em funcionamento em cinco estados (PR, SC, TO, AP, PA). Desses, quatro são unidades próprias e os demais são franquias. “O segmento da beleza é um dos que mais cresce no país e os nossos números confiram esse crescimento. No primeiro semestre de 2018 inauguramos as lojas de Balneário Camboriú (SC), Guarapuava (PR) e Curitiba, no bairro Água Verde. No segundo semestre ainda deve ocorrer a abertura da unidade de Ponta Grossa (PR)”, comemora o diretor do grupo, Christopher Boff.

São mais de 50 mil clientes atendidos por mês. Com faturamento anual de mais de R$ 75 milhões. Interessados na franquia da marca devem saber que formato de loja custa a partir de R$2,5 mil o metro quadrado, sendo a metragem mínima exigida pelo franqueador de 100 m². No radar da expansão estão cidades com mais de 250 mil habitantes. Aos empresários do segmento, a novidade é a oferta da franquia de conversão, que tem como objetivo prestart todo suporte estratégico e tático de gestão da marca com o apoio do centro de treinamento da marca.

Profissionalização

Para fomentar esse mercado da beleza altamente competitivo e exigente, em 2002 o Grupo Lady&Lord criou o Centro de Formação de Profissionais da Beleza que já formou mais de 80 mil pessoas. Com sede em Curitiba, forma cerca de 5 mil profissionais por ano, entre cabelereiros, manicures, depiladoras e outros.

No Brasil, é um dos segmentos que mais oferecem oportunidades de emprego, seja como profissão principal ou atividade para complementação de renda. “A escola é um dos nossos grandes diferenciais. Formamos profissionais para alimentar a nossa rede e também para fortalecer o mercado”, explica o diretor Chistopher Boff. De acordo com ele, o foco de expansão da escola em 2018 é apostar no ensino à distância e em polos de ensino.

Mercado premium

Para 2018, o Grupo Lady&Lord também decidiu focar no mercado premium com o lançamento da marca Atelliê Beauté Art. A proposta é que os profissionais possam atuar como artistas da beleza num espaço que une arte, cultura e um centro de tendências para o mercado de beleza.

A primeira loja abriu em maio, em Curitiba e, até o final de 2018, a intenção é ter mais duas unidades. “Com o Lady&Lord, o centro de formação e, agora, com a marca Atelliê queremos consolidar o mercado de beleza, legitimando o segmento em busca de reconhecimento e regularização dos profissionais”, conta Christopher Boff.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top