You are here
Home > Finanças > Como começar a investir em produtos financeiros com apenas R$ 100

Como começar a investir em produtos financeiros com apenas R$ 100

Toda maratona começa com o primeiro passo. E no mundo dos investimentos não é diferente. Para começar a investir em diversos produtos disponíveis no mercado, não é preciso necessariamente quantias exorbitantes. Com R$ 100 já é possível focar em alguns tipos de investimentos iniciais, que permitam ao investidor ir criando uma reserva financeira.

De modo a auxiliar aqueles que buscam iniciar a investir com apenas R$ 100, Lucas Paulino e Felipe Medeiros, fundadores da plataforma de investimentos Mais Retorno, dão dicas de como isso pode ser feito e quais caminhos seguir. Veja:

Tesouro direto

Um dos produtos financeiros mais democráticos para quem busca investir, o tesouro direto permite investimentos iniciais a partir de R$ 30. “É um investimento que rende mais do que a poupança, e que permite resgate a qualquer momento”, conta Lucas. Diversas instituições financeiras oferecem o produto sem taxa de administração.

Migração de investimento

O investidor precisa ter claro que a alocação de recurso é constante. Ou seja, do total que ele dispõe de renda por mês, uma parcela deve ser destinada para o investimento. Supondo que seja R$ 100 a cada mês, após um determinado período de tempo, com acumulo de reserva, já é possível migrar para outros produtos com maior rentabilidade. “Com isso você consegue construir investimentos que são mais arrojados”, aconselha Lucas.

Fundos de investimentos

Algumas instituições financeiras já permitem investimentos a partir de R$ 100 em diversas modalidades de fundos. Um exemplo são os fundos imobiliários. É possível comprar pequenas cotas do fundo imobiliário – a partir de R$ 100 -, o que significa uma pequena parte de um imóvel. “Nesse caso, o rendimento vem da locação ou da venda desses imóveis”, ressalta Felipe

Ações da bolsa de valores

É possível começar a investir em papéis na bolsa de valores com pouco dinheiro, visto que existe uma grande variedade de ações no mercado. Papéis com grandes quantidades de negócios diários apresentam preços bastante justos. Um exemplo pode ser um fundo de índice, conhecido como ETF. “Com o código de negociação BOVA11, é possível comprar as cotas do fundo de índice negociado em bolsa a um preço aproximando de R$ 90”, afirma Felipe.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top