You are here
Home > Finanças > Saiba o que fazer para começar o ano poupando dinheiro

Saiba o que fazer para começar o ano poupando dinheiro

É sempre tempo de se atentar às próprias finanças, mas o início de um novo ano costuma pedir resoluções mais sérias sobre gastos e maneiras de poupar dinheiro, seja para vontades ou para emergências no futuro.

Por esse motivo Ricardo Maila, diretor da Plano Consultoria Financeira, esclarece algumas questões que envolvem o mundo financeiro e mudam em 2020, além de oferecer dicas que podem ajudar a manter a carteira saudável durante o ano todo. “O planejamento financeiro é essencial para alcançar objetivos. Muitas pessoas pensam em comprar um bem, viajar, realizar um sonho e esquecem que para isso é preciso ter controle e prioridades”, afirma.

O primeiro passo para ter menos despesas e preocupações é prestar atenção às contas do banco. Recentemente, foram criadas novas regras envolvendo o cheque especial: será cobrada uma taxa mensal de 0,25% daqueles que possuem limite igual ou superior a R$ 500,00 ainda que não seja utilizado. A recomendação do especialista é o cancelamento imediato deste produto.

Outra questão, já não tão nova assim, é sobre a baixa da taxa Selic que atualmente está em 4.5% e influencia em diversas frentes da economia. Maila aponta que o investimento no Tesouro Selic continua sendo uma opção mais interessante do que a poupança, e o mesmo vale para a reserva de emergência, que deve permanecer em uma aplicação que é possível resgatar a qualquer momento, mas que não fica parada em conta. Também é uma boa época para prestar atenção no crédito, que fica mais acessível como também em investimentos de renda variável como fundos de investimentos

É sempre tempo de se atentar às próprias finanças, mas o início de um novo ano costuma pedir resoluções mais sérias sobre gastos e maneiras de poupar dinheiro, seja para vontades ou para emergências no futuro.

Por esse motivo Ricardo Maila, diretor da Plano Consultoria Financeira, esclarece algumas questões que envolvem o mundo financeiro e mudam em 2020, além de oferecer dicas que podem ajudar a manter a carteira saudável durante o ano todo. “O planejamento financeiro é essencial para alcançar objetivos. Muitas pessoas pensam em comprar um bem, viajar, realizar um sonho e esquecem que para isso é preciso ter controle e prioridades”, afirma.

O primeiro passo para ter menos despesas e preocupações é prestar atenção às contas do banco. Recentemente, foram criadas novas regras envolvendo o cheque especial: será cobrada uma taxa mensal de 0,25% daqueles que possuem limite igual ou superior a R$ 500,00 ainda que não seja utilizado. A recomendação do especialista é o cancelamento imediato deste produto.

Outra questão, já não tão nova assim, é sobre a baixa da taxa Selic que atualmente está em 4.5% e influencia em diversas frentes da economia. Maila aponta que o investimento no Tesouro Selic continua sendo uma opção mais interessante do que a poupança, e o mesmo vale para a reserva de emergência, que deve permanecer em uma aplicação que é possível resgatar a qualquer momento, mas que não fica parada em conta. Também é uma boa época para prestar atenção no crédito, que fica mais acessível como também em investimentos de renda variável como fundos de investimentos

O orçamento, além de importantíssimo para economizar, é o ponto de partida para se organizar neste ano. O primeiro passo é adquirir consciência de consumo. Uma forma de colocar isso em prática é fazer as seguintes perguntas antes de comprar algo: eu preciso? Eu posso? Eu quero? Se a resposta de alguma das perguntas for não, pode não ser algo interessante ou necessário.

Maila também é um defensor assíduo da economia coletiva, que vêm crescendo no Brasil por meio de Cashbacks e programas de fidelidade. Saldões, atacadistas e outras formas de poupar também são dicas espertas: “são maneiras inteligentes de economizar dinheiro sem muito esforço, facilitando o alcance dos objetivos”, finaliza.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top