You are here
Home > Finanças > Doações a vaquinhas online cresceram 166% em 2020

Doações a vaquinhas online cresceram 166% em 2020

A solidariedade esteve em alta em 2020. O Vakinha, site de vaquinhas online do Brasil, teve uma alta de 166% nas doações. Enquanto em 2019 foram registradas 1,2 milhões de doações, em 2020 o número foi de 3,2 milhões. Além disso, o último ano teve um total de 800 mil campanhas de arrecadação abertas, um crescimento de 100% se comparado a 2019, que registrou 400 mil.

Com a pandemia que acompanhou a população brasileira durante quase todo o ano de 2020 e a retração econômica provocada pela crise sanitária, o aumento das doações financeiras surpreende. De acordo com o CEO do Vakinha, Luiz Felipe Gheller, a resposta para esse fenômeno é justamente a empatia com aqueles que foram mais prejudicados durante o período.

“Todo o cenário caótico do último ano certamente despertou mais o lado solidário do brasileiro. Acredito que muitos dos que estavam em situação financeira estável se viram tocados pelas causas daqueles que mais precisavam”, conta Gheller.

Exemplo disso, o número de campanhas saltou de 196 mil para mais de 379 mil entre março e agosto de 2020, época que marcou o início da pandemia no Brasil. Em paralelo, as arrecadações também cresceram: R$ 15 milhões em vaquinhas criadas a partir do coronavírus no período.

“Ficamos felizes de ver que o aumento de doações é ainda maior que o aumento de campanhas abertas. Esse com certeza é um resultado gratificante. E para acompanhar todo esse crescimento, o Vakinha também está expandindo seu espaço e dobramos o nosso quadro de colaboradores, de 15 funcionários para 32.”, conta Gheller.

Ainda para acompanhar esse sentimento de solidariedade crescente na população, o Vakinha lançou em dezembro o Clube de Doadores. A iniciativa reúne os interessados por diferentes temas, como educação, saúde, causa animal, entre outros, para se tornarem membros e fazerem doações mensais para os clubes de seus interesses.

O Vakinha, por meio de uma curadoria especializada, escolhe mensalmente as causas de cada segmento para compor o portfólio de beneficiários de cada clube. A rede de solidariedade também permite que qualquer pessoa faça cadastro e crie suas campanhas de arrecadação.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top