You are here
Home > comércio > Comerciantes paranaenses estão otimistas com vendas da Black Friday e Natal

Comerciantes paranaenses estão otimistas com vendas da Black Friday e Natal

As vendas neste fim do ano no comércio paranaense têm tudo para ser motivo de comemoração entre lojistas e empresários do setor. É o que mostra o resultado da pesquisa divulgada pela Faciap nesta terça-feira (23). Segundo o levantamento realizado pela empresa contratada Datacenso nas cidades de Curitiba, Ponta Grossa, Maringá, Cascavel, Londrina e Francisco Beltrão, os comerciantes estão otimistas tanto para a Black Friday quanto para o Natal.

A maioria dos entrevistados acredita que as vendas de 2021 serão melhores que as do mesmo período do ano passado, quando o movimento nas lojas físicas reduziu em função das restrições causadas pela pandemia e as vendas online aumentaram. A expectativa agora é de uma inversão no quadro, com um aumento nas lojas físicas e uma queda no comércio online. “Isso se justifica pelo avanço da vacinação, a melhora nos números da pandemia e com os consumidores sentindo-se mais seguros para sair às compras tanto na Black Friday quanto no Natal”, afirma o presidente da Faciap, Fernando Moraes.

Black Friday

Em relação a Black Friday, a pesquisa mostra que a maioria dos comerciantes paranaenses fará alguma promoção neste ano. A cidade com maior engajamento é Londrina, onde 78% dos lojistas pretendem aderir ao movimento tradicional da última semana de novembro.

Além disso, a maioria dos entrevistados acredita que as vendas da Black Friday deste ano serão superiores às do ano passado. Em todo o estado, a expectativa é de um crescimento de 16%. Isso porque comerciantes farão mais promoções e acreditam que as pessoas estão mais confiantes com as vacinas e a melhora nos números da pandemia.

Natal

Quando se trata do Natal, a pesquisa aponta que, em todo o estado, a maioria dos entrevistados também aposta em um maior número de vendas em relação às do ano passado. A expectativa é de um crescimento de 14% Segundo os comerciantes, as pessoas estão saindo mais e, portanto, o movimento está maior. “As pessoas estão mais animadas em gastar e fazer um natal melhor esse ano”, disse um dos entrevistados.

Comerciantes de Londrina também são os mais animados, já que 85% dos empresários na cidade estão com alta expectativa em relação às vendas. Em segundo lugar, estão os vendedores de Francisco Beltrão, com 78%.

Contratações temporárias

Em relação ao número de contratações, quase metade dos comerciantes paranaenses pretende aumentar o quadro de funcionários para o final do ano. Em Londrina, 61% dos comerciantes afirmam que vão contratar novos funcionários para atender a demanda na ocasião. Em contrapartida, 62% dos empresários de Ponta Grossa apontaram que não pretendem aumentar o quadro.

Para os comerciantes paranaenses que pretendem contratar, a maior parte será de mão de obra temporária, como em Francisco Beltrão, onde 84% dos entrevistados pretendem aumentar o quadro neste regime. No entanto, chama atenção o dado de Maringá, já que 46% dos entrevistados na cidade pretendem contratar funcionários efetivos. Mais da metade dos comerciantes paranaenses pretende contratar até 2 funcionários. Segundo a pesquisa, o número médio chega a 3 funcionários a serem contratados.

Expectativa para 2022

Com relação ao próximo ano, de maneira geral, a maior parte dos comerciantes paranaenses está esperançosa com o rumo do seu negócio, cujo índice apresentou leve queda (4%) em relação à pesquisa do Dia dos Pais. Os que mais acreditam em um futuro próspero são os londrinenses (91%), seguidos pelos beltronenses (85%).

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe um comentário

Top