You are here
Home > Sem categoria > Sistemas integrados garantem sustentabilidade econômica e ambiental

Sistemas integrados garantem sustentabilidade econômica e ambiental

Os sistemas integrados de produção são apontados atualmente como a principal ferramenta para manutenção da sustentabilidade econômica e ambiental. A questão será debatida durante o V Congresso Brasileiro de Soja e o Mercosoja 2009, a serem realizados de 19 a 22 de maio, em Goiá¢nia (GO). Promovidos pela Embrapa Soja, os eventos objetivam apresentar os indicadores de qualidade do solo em sistemas de integração lavoura-pecuária, a contribuição do manejo para aumentar a eficiência de uso da água em sistemas produtivos e também mostrar como os sistemas integrados contribuem para a manutenção econômica da atividade agropecuária.

De acordo com o pesquisador Julio Franchini, da Embrapa Soja, nos sistemas integrados de produção há melhor aproveitamento da infra-estrutura das propriedades,  com intensificação do uso da terra e diversificação de produtos. A integração lavoura-pecuária eleva em até sete vezes o índice de produtividade de pecuária. Por outro lado, a pecuária melhora a qualidade química e física do solo.

O pesquisador destaca que hoje um dos principais problemas das culturas de verão (soja e milho) é a falta de água. No entanto, a produção em sistemas integrados promove melhoria no solo, por meio da rotação de culturas. Plantas com sistema radicular mais profundo reduzem a compactação do solo, aumentam o reservatório de água para plantas e minimizam as perdas de produtividade para seca.

O V Congresso Brasileiro de Soja e o Mercosoja 2009, promovidos pela Embrapa Soja, irão contar com a presença de 58 palestrantes renomados, sendo 15 estrangeiros. A programação prevê a realização de 4 conferências, 10 painéis, 1 seminário e 5 minicursos. Além disso, haverá espaço para apresentação de 450 trabalhos científicos, no formato de pôsteres.

Deixe uma resposta

Top