You are here
Home > Sem categoria > Grupo Opet adquire o Sistema Educacional Família Escola

Grupo Opet adquire o Sistema Educacional Família Escola

O Grupo Educacional Opet acaba de incorporar o Sistema Educacional Família Escola (SEFE), de Curitiba. Com isso, passa a atender 350 mil estudantes das regiões Sul, Sudeste, Nordeste e Centro Oeste com soluções pedagógicas e tecnologia educacional. “Acompanhamos o mercado há bastante tempo e, com base em nosso plano de expansão, percebemos uma possibilidade real de crescimento com a aquisição do SEFE. É uma empresa conhecida em mercados onde a Opet não atuava, como o do Nordeste”, explica o presidente da Opet, José Antônio Karam. Com a aquisição, o Grupo Opet passa a ocupar uma posição de destaque no ranking nacional das empresas que oferecem soluções educacionais.

A aquisição não implicará a mudança da marca SEFE. “É importante, em primeiro lugar, respeitar o trabalho pedagógico que está em andamento nas escolas. Não é possível e nem desejável interromper o planejamento feito pelos professores e pelos gestores”, observa Karam. O SEFE manterá sua metodologia, a qualidade dos materiais didáticos e da assessoria pedagógica. Um dos diferenciais do sistema de ensino, o trabalho desenvolvido com as famílias dos estudantes, será ainda mais valorizado. Outro elemento é o que se refere aos contratos em vigor com os clientes, que não serão modificados.

A aquisição acontece no momento em que o Grupo Opet inaugura seu parque gráfico em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. O barracão industrial – uma estrutura de 3.500 metros quadrados instalada em um terreno de 45 mil metros quadrados – recebeu máquinas de última geração compradas na Alemanha e no Japão. Até 2016, a perspectiva é dobrar a produção anual de volumes, saltando dos atuais 800 mil para 1,6 milhão – o que permitirá produzir os materiais didáticos das duas bandeiras.

A operação fortalece a presença paranaense no mercado de soluções pedagógicas. Nos últimos anos, o Estado, que foi um polo nacional do segmento a partir dos anos setenta, perdeu força por conta da aquisição de grupos locais por empresas de outras regiões. “Com a aquisição do SEFE pela Opet, estamos fortalecendo nosso mercado e projetando novamente o Paraná no cenário nacional”, conclui José Antônio Karam.

Fundado há 42 anos como uma escola de cursos livres, o Grupo Educacional Opet iniciou suas atividades no segmento editorial em 1996. Hoje, além da editora e da gráfica, mantém dois colégios, faculdades, polos de EAD e programas de pós-graduação. O SEFE nasceu há 20 anos, tendo como foco as redes públicas de ensino. Sua carteira oferece soluções pedagógicas para a Educação Infantil e para o Ensino Fundamental, com destaque para as ações juntos aos familiares dos alunos.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top