Leilão Judicial oferece imóveis e automóveis com valores abaixo de mercado

Helcio Kronberg: os bens que serão leiloados foram penhorados judicialmente
Helcio Kronberg: os bens que serão leiloados foram penhorados judicialmente.

Interessados em comprar imóveis e automóveis com valores mais atrativos terão a oportunidade de adquiri-los em leilão judicial marcado para a próxima segunda-feira (14), em Curitiba.  Entre os destaques desse leilão, que será realizado pelo leiloeiro público oficial designado para o certame, Helcio Kronberg, estão: uma van EFFA, na cor prata; um caminhão N601, na cor branca; imóvel com área de terreno de 513m², localizado no bairro Batel; e lote urbano com 1.060m², com área construída de aproximadamente 128m², localizado no bairro Prado Velho. Estão disponíveis ainda terrenos, motocicletas, maquinários e bens da massa falida da empresa Stok Line Comércio de Móveis Planejados.

A maioria dos lotes em leilão é oriunda de massas falidas de empresas paranaenses e ações judiciais. “São bens penhorados em ações judiciais. São dívidas de condomínio, dívidas fiscais, dívidas trabalhistas, cobrança de multas e disputa entre particulares, sendo que o juiz decidiu na cobrança do credor em relação ao devedor”, explica o leiloeiro.

Alguns desses bens já foram ofertados na primeira praça, onde são aceitos lances a partir do valor da avaliação judicial. Já na segunda praça, que é o caso do leilão em questão, os bens que estão sendo ofertados novamente, podem ser arrematados por até 50% do valor inicial estipulado. É o caso do imóvel no Ed. Maria Eugênia, no bairro Juvevê, o lance inicial era de R$ 225 mil  e agora, para a segunda praça, é de R$ 157mil.

Muitos dos bens que estarão em leilão podem ser parcelados. Caso não haja lances na modalidade à vista, os mesmos podem ser pagos com 30% de entrada no ato mais 24 ou até 36 parcelas corrigidas pelo INPC+IGP-DI, vencíveis a cada 30 dias do leilão, conforme cada edital. Imóveis são vendidos e arrematados com hipoteca judicial, ou seja, imite-se na posse ao arrematante. Quanto aos veículos, esses serão entregues após a quitação do parcelamento.

Helcio Kronberg explica que, mesmo na segunda tentativa, nem todos os lotes sofrem diminuição de valor. Nesses casos, “a oferta representa uma oportunidade única, uma vez que é possível que não ocorram tão cedo novas ocasiões de venda do imóvel”, completa.
O pregão acontecerá às 15 horas, na Av. Marechal Floriano Peixoto, 886, 1.º andar, em Curitiba. Os lances podem ser feitos presencialmente ou via internet pelo site do leiloeiro. Mais informações no site www.kronberg.com.br

Mirian Gasparin

Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 50 anos na área de jornalismo, sendo 48 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 16 anos de blog, mais de 35 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 20 prêmios, com destaque para o VII Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º e 3º lugar na categoria webjornalismo em 2023); Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *