You are here
Home > Agronegócio > Empresas devem focar em estratégias para o amanhã

Empresas devem focar em estratégias para o amanhã

 

alltech -OneDiante de uma plateia de três mil espectadores de mais de 70 países, a programação do One: Simpósio de Ideias Alltech motivou, durante três dias, debates sobre inovações no agronegócio e desafiou os participantes a buscarem uma única ideia para transformar o mundo. No encerramento, o professor de Marketing da UCD Michael Smurfit Graduate Business School, Damien McLoughlin, falou sobre as empresas estarem investindo muito tempo na busca de soluções para problemas atuais, enquanto deveriam estar focadas e pensar estratégias para o futuro. Como alternativa para mudar essa realidade, o professor apresentou os conceitos de oceanos azul e vermelho, que indicam como solução o investimento em mercados inexplorados, expandindo a possibilidade dos negócios.

“Quando você não investe no amanhã, você não vê sucesso no futuro. As empresas estão atualmente muito ocupadas, pensando apenas nos problemas de hoje”, disse McLoughlin. Além disso, destacou a necessidade da implantação de um sistema novo e criativo para as indústrias alimentícias e a agricultura. O 32º simpósio da Alltech, realizado em Lexington, no estado norte-americano do Kentucky, teve presença de 60 palestrantes com nomes de renome em ciência, agricultura, tecnologia e negócios.

Profissionais líderes nas áreas de nutrição animal, vegetal e agronegócio de todo mundo acompanharam palestras do ex-diretor de Marketing Global da Procter & Gamble (P&G), Jim Stengel, do co-presidente de Energia e Meio-ambiente na Universidade Singularity, Ramez Naam, do ex-CEO e presidente da Ford, Alan Mulally, e do co-fundador da Apple, Steve Wozniak, entre outros. O próximo simpósio já está com data marcada para acontecer entre 21 e 24 de maio de 2017.

No último dia de evento foi entregue a premiação do maior concurso de agrociência do mundo, o Alltech Young Scientist. Os vencedores premiados foram uma estudante americana na categoria de graduação, e um estudante irlandês na categoria de pós-graduação. O Brasil esteve representado com duas finalistas brasileiras nas duas categorias.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top