You are here
Home > Trabalho/Emprego > Campanha ‘Acreditamos nos Jovens’ reforça DNA do McDonald’s como gerador de primeiro emprego

Campanha ‘Acreditamos nos Jovens’ reforça DNA do McDonald’s como gerador de primeiro emprego

Inovadores, criativos e questionadores: essas são algumas das características que cabem à geração millennial. E, principalmente por valorizar cada uma delas, o McDonald’s confia e acredita nos jovens para estar à frente da operação de seus restaurantes. Para mostrar isso, entra no ar hoje a campanha Acreditamos nos Jovens.

A marca tem forte relação com o público jovem e isso se reflete em seu quadro de colaboradores: nos mais de 900 pontos de venda distribuídos pelo Brasil, atualmente, cerca de 90% dos funcionários, o equivalente a 40 mil pessoas, tem entre 16 e 25 anos. Metade deles está em sua primeira experiência profissional. Criado pela DPZ&T, o filme reforça o entendimento que o McDonald’s tem desse público, como uma empresa contemporânea, que traz valores para a sociedade ao escutar e dar voz aos seus jovens funcionários de uma forma que nenhuma outra rede é capaz. “Ao ouvir os jovens, e compreender seus anseios, o McDonald’s transforma esse público em seu próprio porta-voz de um discurso transparente e relevante para os consumidores”, afirma Sergio Mugnaini, diretor executivo de criação da DPZ&T.

“Para a marca é fundamental confiar nos jovens, dar espaço e credibilidade a eles. Nossa força de trabalho é muito nova. Isso nos dá aval e pleno conhecimento para falar sobre e com esse público. Conhecemos seus anseios, expectativas e dificuldades. Para estar no nosso quadro, eles só precisam de motivação, interesse e disponibilidade para aprender”, afirma David Grinberg, Diretor de Comunicação Corporativa do McDonald’s Brasil.

Pesquisa revela perfil dos jovens: eles querem confiança

Uma pesquisa inédita feita pelo McDonald’s em cinco países (Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e Peru), avaliou as inquietudes e as aspirações da geração millennial. E os resultados validam o entendimento que a companhia tem deste público e, principalmente, mostram que o caminho que vem seguindo está alinhado ao que eles esperam.

De um modo geral, o estudo mostra que a autoconfiança do jovem brasileiro está mais abalada do que nos outros quatro países latino-americanos pesquisados. O Brasil passou por uma das piores crises de sua história e a situação difícil está impactando na confiança dessa geração. “Em busca do primeiro emprego, eles encontram mais portas fechadas do que abertas”, afirmou Ilton Teitelbaum, professor-adjunto da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) e coordenador do estudo.

Ao identificar as principais barreiras que encontram na hora de procurar emprego, 77% dos jovens apontam para a falta de uma experiência anterior, 69% para a falta de oportunidades, 68% para a falta de confiança na sua geração e 58% para a dificuldade de transição do ensino médio para o mercado.

“O McDonald’s está sempre de portas abertas para o jovem. Esteja ele em busca de seu primeiro emprego ou não. Tenha ele experiência no setor ou não. Estamos dispostos em investir para desenvolvê-los e prepara-los para ocupar novas posições em nossa companhia ou para sair em busca de outras oportunidades no mercado de trabalho”, finaliza Grinberg.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top