You are here
Home > Crédito > Pesquisa revela que 78% dos brasileiros acreditam que será mais fácil obter crédito com o Cadastro Positivo

Pesquisa revela que 78% dos brasileiros acreditam que será mais fácil obter crédito com o Cadastro Positivo

Segundo pesquisa inédita da Serasa Experian, 83% dos brasileiros já ouviram falar ou conhecem o Cadastro Positivo, que passou a vigorar no Brasil no dia 9 de julho de 2019, no modelo de inclusão automática de consumidores. A pesquisa, que passa a considerar apenas as respostas daqueles que afirmaram já ter ouvido falar do novo modelo, revela ainda que mais da metade (56%) dos participantes está confortável em saber que suas informações serão incluídas de forma automática no banco de dados de empresas de proteção ao crédito. Outro dado relevante aponta que 66% dos entrevistados acreditam que haverá taxas de juros e condições de pagamentos diferentes para os bons pagadores e, nesta amostra, 72% esperam ver melhorias já nos próximos seis meses.

“Estes resultados mostram que os consumidores têm consciência da importância do Cadastro Positivo e dos ganhos que ele deve trazer ao mercado brasileiro de crédito”, diz a diretora de Operações de Dados da Serasa Experian, Leila Martins.

Baseado em uma metodologia mais abrangente e inclusiva para concessão de crédito, o Cadastro Positivo considera a análise de todo o histórico de endividamento e de que modo a pessoa honra seus compromissos assumidos com bancos e comércio e pagam suas contas de consumo (luz, água, telefone, gás). O objetivo do Cadastro Positivo é valorizar aspectos como o hábito do consumidor de pagar em dia suas contas e não se concentrar somente nas dívidas não pagas.

78% das pessoas acreditam que será mais fácil obter crédito

A pesquisa apontou ainda que 78% das pessoas acham que empréstimos e financiamentos se tornarão mais acessíveis com a entrada do Cadastro Positivo. Dentro deste percentual, 51% dos entrevistados afirmam que as solicitações de crédito junto aos bancos serão mais fáceis. Na sequência estão as financeiras (35%) e lojas físicas e online de diferentes áreas: carros e motos (24,2%), eletrodomésticos (15,5%), roupas (13,3%), eletrônicos (13,3%) e materiais de construção (9,1%).

Metodologia

A pesquisa da Serasa Experian entrevistou 2.017 consumidores de todo o Brasil em junho de 2019. A metodologia aplicou um questionário a um público de diferentes faixas etárias e renda, nas regiões Sudeste, Nordeste, Sul e Centro-Oeste/Norte.

Outro recente estudo da Serasa Experian mostrou que o Cadastro Positivo poderá beneficiar cerca de 137 milhões de brasileiros, 88,5% da população adulta. Fazem parte deste total os 22,6 milhões de cidadãos (14,6% da população adulta) que atualmente estão fora do mercado de crédito e que seriam incluídos por já apresentarem um histórico de adimplência. O levantamento revela ainda potencial redução de juros para 74% das pessoas acima de 18 anos que hoje possuem acesso ao crédito.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top