You are here
Home > Finanças > Com novas regras do cheque especial, fintech é opção para quem precisa de crédito

Com novas regras do cheque especial, fintech é opção para quem precisa de crédito

O Banco Central estipulou novas regras para o cheque especial, que estão valendo desde julho de 2018, e que estabelece regras para o uso do serviço – para que o cliente faça um uso consciente da linha de crédito. Antes da mudança, muitos usuários entravam, no cheque especial de forma automática, sem se dar conta e só percebiam quando estavam enrolados em dívidas. 

Com as mudanças, os bancos têm de avisar os clientes quando eles entram no cheque especial, além de orientações para o uso do serviço – que deve ser utilizado como uma opção para emergências e de maneira pontual – evitando os juros altos. O limite do cheque especial também fica destacado nos extratos bancários, separado do saldo da conta. Além disso, se o cliente tiver uma dívida superior a 15% do seu limite de crédito, o banco tem de oferecer condições de negociação e de pagamentos com juros menores.

Fintech é solução para quem não é aprovado por bancos tradicionais

Na contramão dos bancos tradicionais, já existem no mercado opções de linha de crédito mais baratas, ou seja, como as fintechs, que oferecem crédito rápido e seguro. A Simplic (www.simplic.com.br) – é primeira fintech no Brasil a oferecer empréstimo 100% online a pessoas físicas -, por exemplo, ajudando profissionais autônomos que necessitam de dinheiro para empreender e não conseguem crédito nos bancos. 

“A fintech é uma boa opção para quem não consegue aprovação em bancos tradicionais. Na Simplic, o nosso objetivo é possibilitar crédito sem sair de casa e com segurança. Caso seja solicitado, o autônomo também deverá comprovar a sua renda. Lembrando que emprestamos dinheiro apenas para pessoas físicas” comenta Rogério Cardozo, diretor-executivo da Simplic no Brasil.

Na Simplic o processo é bem fácil: o cliente faz a simulação de crédito no site pelo computador ou celular. O cadastro é rápido e não leva nem 5 minutos e ele fica sabendo na mesma hora se está pré-aprovado e pode receber o dinheiro na conta em menos de 24 horas. A fintech oferece uma avaliação diferenciada, o que permite atender clientes que não conseguem obter crédito em instituições financeiras tradicionais. 

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top