You are here
Home > Negócios > Sebrae/PR já realizou mais de 355 mil atendimentos remotos a empreendedores desde o início da pandemia

Sebrae/PR já realizou mais de 355 mil atendimentos remotos a empreendedores desde o início da pandemia

O Paraná possui mais de 1,3 milhão de micro e pequenas empresas que têm enfrentado diversos desafios e tiveram que se reinventar durante o período de pandemia. O Sebrae/PR tem sido um dos principais canais de suporte e de comunicação aos donos de micro e pequenos negócios do Estado e, por conta disso, já realizou mais de 355 mil atendimentos em quatro meses. O número é contabilizado desde que as atividades da entidade se tornaram 100% remotas, em 23 de março, até o último dia 23 de julho.

Ao todo, mais de 209 mil foram realizados através dos canais digitais como WhatsApp, telefone, e-mail e redes sociais, enquanto os demais aconteceram através de atendimentos remotos nas próprias regionais. No total, foram atendidos mais de 213 mil empreendedores em todo o Paraná, um aumento de 39% em relação ao mesmo período de 2019. Vale lembrar que um mesmo cliente pode realizar mais de um atendimento.

Contato é facilitado

Segundo a gerente da Unidade de Atendimento e Relacionamento do Sebrae/PR, Vania Paula Cruz, a atuação pelos canais digitais não afastou os empreendedores, mas foi uma forma de facilitar o contato com o atendimento do Sebrae. “Muitas pessoas alegavam que tinham dificuldades em se deslocar para fazer um atendimento presencial por conta de suas rotinas. Muita gente gostou do processo de digitalização e se sentiu mais próxima. Os empreendedores entram em contato e nós realizamos o atendimento pelo canal de preferência deles, então se tornou uma comodidade”, explica.

Por ser um período de dificuldades, o Sebrae também tem atuado para capacitar e oferecer conteúdos de qualidade para os donos de micro e pequenos negócios. Por isso, tem aumentado a sua presença digital, com a publicação de materiais exclusivos, realização de eventos e outras ações virtuais. No começo de julho, foi lançado um portal totalmente reformulado e mais atrativo para o empresário. Desde março, o site já teve mais de 429 mil visualizações e 165 mil usuários únicos. Ao todo, foram realizadas 57.662 matrículas em cursos de EAD nas plataformas digitais.

Soluções exclusivas

Além da oferta de cursos, e-books, cartilhas e outros materiais exclusivos também houve o desenvolvimento de soluções exclusivas para o período de pandemia, como uma ferramenta de Orientação ao Crédito e um Guia de Gestão Financeira. Outra novidade é aplicativo Meu Sebrae, que também foi remodelado e conta com novas funcionalidades. O app recebeu 1.921 novos cadastros e 2.934 visualizações em matérias, no período.

O Sebrae/PR também reforçou sua presença digital com a realização dos eventos Connect, lives com informações e entrevistas exclusivas em vídeo no canal do Youtube do Sebrae. Nos últimos quatro meses, foram realizadas 57 transmissões ao vivo, um crescimento de 418% em relação ao ano passado, e que tiveram 12.080 espectadores simultâneos, um aumento de 790% em comparação com 2019. A Comunidade Sebrae, que permite o compartilhamento de textos e conteúdos exclusivos e a troca de experiências sobre o universo do empreendedorismo e dos micro e pequenos negócios, recebeu 301.229 visitas.

Vania explica a importância de oferecer conteúdos de relevância para os empreendedores em múltiplas plataformas. “O Sebrae se reorganizou durante a pandemia para dar toda a assistência e não deixar o empresário desamparado. Levamos conteúdos práticos, para segmentos específicos ou para temas mais gerais. E eles estão em diferentes plataformas, como forma de facilitar esse acesso. Procuramos entender as dores dos clientes e exibir aquilo que faça mais sentido para cada um e isso tem gerado um bom engajamento”, explica ela.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top