You are here
Home > Negócios > Empresas se reinventam e definem novas estratégias de relacionamento com os consumidores

Empresas se reinventam e definem novas estratégias de relacionamento com os consumidores

A pandemia redefiniu rotas e estratégias de atuação de muitas empresas. O processo de digitalização finalmente saiu do papel e passou a funcionar para 99% das marcas. Um dos efeitos de mercado da COVID-19 foi o de acelerar o processo de digitalização e esta aceleração foi motivada principalmente pelas incertezas que o novo normal trouxe para as empresas. Mas ainda existem algumas dúvidas quanto ao ano de 2021 – foi apenas uma adaptação ou o mercado está em real transição?

“Acredito que esse seja um caminho que sem volta, para a nossa sorte e de todo o mercado. Como profissional da área, acompanho todos os dias a transição de empresas que começaram a digitalização e tem tanto sucesso que nem imaginam voltar atrás. Muitos foram forçados a acelerar o processo, mas com certeza essas são melhorias que podem transformar todo o jeito de uma empresa trabalhar e se relacionar com seus consumidores”, explica Melina Alves, CEO e fundadora da DUXcoworkers.

Segundo Melina, a pandemia abriu um caminho para dar a oportunidade para que o cliente pode escolha o tipo de jornada que quer ter – totalmente digital, totalmente física (no pós-pandemia) ou um híbrido, com um peso maior para um lado ou outro, enfim, fica a critério do consumidor, o que é extremamente benéfico para o mercado em geral.

Essa nova forma de se relacionar tende a fidelizar mais clientes, consequentemente mais vendas e lucro, uma vez que, os mesmos estão no controle de suas jornadas. A DUXcoworkers, pioneira no Brasil a fazer das boas práticas de UX (experiência de usuário), acredita que essas novas estratégias são a chave do sucesso para qualquer negócio.

“Sabemos que um dia tudo voltará ao normal, mas essas inovações e ferramentas continuarão sendo utilizadas ao longo de nossas vidas. A relação entre o cliente e a empresa dificilmente poderá retroceder, pra maioria talvez isso signifique perder grande parte de seu público, ou seja, ignorar as novas mudanças daqui pra frente, enquanto elas se desenvolvem em outras marcas e essas ganham mais espaço e particularidade no mercado, pode ser um tiro no próprio pé”, finaliza Melina.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top