You are here
Home > Trabalho/Emprego > Home office requer cuidado com a autoimagem

Home office requer cuidado com a autoimagem

Com a pandemia instalada pelo novo coronavírus, o home office passou a fazer parte da vida de muitos profissionais que precisaram se adaptar para continuar trabalhando. Uma das preocupações que afeta os profissionais que estão em home office, além de manter a produtividade, é o cuidado com a auto imagem.

De acordo com o coordenador do curso de consultoria de imagem do Centro Europeu, Pablo Inísio, o ideal é manter o código de vestimentas – o chamado dress code – da empresa durante o home office. “Cuide da sua imagem como se fosse trabalhar fora, principalmente se estiver exposto por videoconferência”, explicou.

Segundo ele, o profissional de home office também deve estar atento ao cenário de trabalho. “Para o seu rendimento profissional, o ambiente ao seu redor deve ser agradável aos olhos, organizado”.

Pensando em estar sempre apto e satisfeito com a imagem profissional que é transmitida, o trabalho do consultor de imagem pode ajudar e muito. O consultor ajuda na escolha de cores, como realçar a beleza natural e auxiliar a definir um estilo pessoal marcante

“Além disso, o consultor de imagem orienta sobre modelagem de roupas, cor do cabelo que cai melhor para cada estilo de pessoa e também ajuda nas compras, fazendo com que a pessoa opte por peças essenciais, comprando menos”, explica Inísio.

Consultoria de Imagem por Home Office

Os profissionais que atuam na área de consultoria de imagem têm a possibilidade de trabalhar em diferentes plataformas gratuitas com os seus clientes, online. “Atualmente, toda a parte investigativa, os diagnósticos e as sugestões de estilo podem ser facilmente feitos por videoconferências. Em tempos difíceis surgem novas oportunidades para inovar na carreira”, reforça Inísio.

A consultora e professora do Centro Europeu Márcia Crivorot é um exemplo. Ela atua online atendendo clientes de todo o Brasil, Europa e Estados Unidos. Os alunos da escola em Curitiba – que cursam consultoria de imagem – têm contato com vários professores atuantes que lançam ferramentas digitais para continuar as atuações de forma digital.

Mercado cresce na pandemia

O trabalho em casa foi estratégia adotada por 46% das empresas durante a pandemia, segundo a Pesquisa Gestão de Pessoas na Crise covid-19. O estudo elaborado pela Fundação Instituto de Administração (FIA) coletou, em 2020, dados de 139 pequenas, médias e grandes empresas que atuam em todo o Brasil.

O percentual de companhias que adotou o teletrabalho durante a quarentena foi maior no ramo de serviços hospitalares (53%) e na indústria (47%). Entre as grandes empresas, o índice das que colocaram os funcionários em regime de home office ficou em 55% e em 31%, entre as pequenas. Um terço do total das empresas (33%) disse que adotou um sistema parcial de trabalho em casa, valendo apenas em alguns dias da semana.

De acordo com o estudo, 41% dos funcionários das empresas foram colocados em regime de home office, quase todos os que teriam a possibilidade de trabalhar a distância, que somavam 46% do total dos quadros. No setor de comércio e serviços, 57,5% dos empregados passaram para o teletrabalho, nas pequenas empresas o percentual ficou em 52%.

Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe um comentário

Top