You are here
Home > Transportes > Fleety é alternativa para transporte em meio à polêmica Uber em Curitiba

Fleety é alternativa para transporte em meio à polêmica Uber em Curitiba

Curitiba recebeu nos últimos dias a notícia de que a Uber deve chegar à cidade ainda em 2016. Em meio às polêmicas que envolvem o aplicativo e também os taxistas da cidade, o Fleety tem se mostrado uma alternativa de transporte. A plataforma, presente em Curitiba, São Paulo e Florianópolis conecta pessoas que precisam de um carro àqueles que têm um parado na garagem, possibilitando assim, o consumo inteligente do automóvel.

O objetivo da empresa é otimizar o uso do carro e ainda dar uma alternativa à quem precisa de um veículo em um momento pontual e não quer, ou não pode, arcar com um aluguel integral. Por isso, o aluguel pode ser feito de maneira fracionada, ou seja, é possível alugar um carro por algumas horas, com valores que variam entre R$ 5,00 e R$ 50,00.

O pagamento é realizado por cartão de crédito e evita, dessa forma, a inadimplência. A empresa cobra uma taxa de até 20% sobre o valor das transações, que incluem assistência 24 horas e seguro sobre roubo, morte, invalidez e colisões. Portanto, os proprietários não precisam acionar seus seguros particulares caso haja alguma avaria.

Para Guilherme Nagüeva, responsável pela estratégia digital do Fleety, a sociedade vive um momento precioso em que é preciso estimular o debate. “Mais do que uma questão econômica, trata-se de discutir alternativas para a mobilidade urbana e a melhoria dos serviços utilizados pela população. Não podemos concentrar o transporte na mão de um ou outro modal, por isso, acreditamos que, cada vez mais, a cidade terá espaço para alternativas como o Fleety e a Uber, por exemplo”, diz.

Na visão de Nagüeva, é preciso estimular a concorrência e melhoras os serviços prestados. “Não se trata apenas de garantir direitos trabalhistas envolvendo taxistas, mas sim de promover a livre concorrência, para que a sociedade tenha a possibilidade de escolher os melhores serviços à sua disposição. Hoje, quem utiliza o Fleety tem a possibilidade de garantir uma renda extra e ainda colabora em outras frentes como a economia colaborativa, o compartilhamento e soluções em mobilidade urbana, Não visamos o domínio dessa fatia de mercado, mas sim a convivência com todas essas frentes”, defende.

O Fleety foi convidado em 2014 pelo IPPUC para implantar de forma pioneira seus serviços em Curitiba. Com valor de mercado avaliado em aproximadamente R$30 milhões, a plataforma está crescendo e pretende expandir suas atividades para o Rio de Janeiro ainda em 2016. Para saber mais sobre o Fleety e seus serviços, acesse: www.fleety.com.br.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

One thought on “Fleety é alternativa para transporte em meio à polêmica Uber em Curitiba

  1. Pingback: Fleety é alternativa para transporte em meio à polêmica Uber em Curitiba | Blog do Fleety

Deixe uma resposta

Top