You are here
Home > Empreendedorismo > Escolas online são opções para formação de empreendedores

Escolas online são opções para formação de empreendedores

Escolas online são opções para quem, mesmo sem tempo, busca uma formação profissional ou quer se atualizar com as últimas novidades e perspectivas do mercado. Para sorte de quem busca esta modalidade, as alternativas são diversas e trazem chancelas de qualidade importantes, sendo dirigidas por instituições e executivos de renome.

Há um ano a terapeuta holística Karen Figueiredo foi uma das pessoas que apostou neste tipo de formação. Ela abriu em Paraty, no Rio de Janeiro, sua empresa de desenvolvimento humano e como não tinha experiência como empresária, sentiu a necessidade de se capacitar e a cerca de três meses se escreveu em uma escola online de empreendedorismo. “Antes de começar as aulas, eu gastava muito com assessores que não entendiam a minha ideia e que não sabiam como torná-la viável sem perder a filosofia, valores e princípios que queria para minha empresa”.

Colombiana e vivendo há 6 anos no Brasil, Karen também tinha dificuldade com questões práticas e burocráticas. Como aluna da Longitude, Escola de Empreendedorismo, pôde ter acesso a uma série de conteúdos com o passo a passo para desenvolver seu negócio. Além disso, a escola lhe ofereceu apoio de empresários mais experientes. Todo este pacote de conhecimento garantiu a saúde que a empresa tivesse saúde financeira e sobrevivesse aos últimos meses de crise do país. “Entrar numa escola de empreendedorismo me ajudou a entender como funciona uma empresa e a conseguir lidar com tudo que envolve ter um negócio. Me ajudou a superar a crise e sobre tudo a ter saber lidar com as oscilações e mudanças do mercado”.

Segundo a empresária, o fato de a escola ser online fez toda a diferença, pois ele não teria tempo de frequentar um curso mais tradicional. Atualmente, ela dedica de 8 à 15 horas de estudos por semana. “A possibilidade de estudar onde e quando eu quiser foi um dos pontos decisivos na escolha da escola, além do corpo docente. Consigo ter 100% de aproveitamento das aulas, pois controle o volume de conteúdo e tenho tempo para refletir sobre as mentorias que a escola disponibiliza”.

Confira algumas plataformas que são referência na capacitação de empreendedores:

A FGV – Faculdade Getulio Vargas é uma das mais renomadas instituições quando falamos em educação para negócios no Brasil. Em seu site, são oferecidos diversos cursos de diversas áreas como gestão empresarial, gestão financeira e gestão em marketing.
http://www5.fgv.br/fgvonline/

A Longitude – Escola de Empreendedorismo foi fundada pelo empresário David Pinto, referência no franchising brasileiro. A plataforma online conta com uma nova proposta de ensino, oferecendo aos alunos a oportunidade de ter apoio de alguns dos empresários mais bem sucedidos do país, como Luiza Trajano, Geraldo Rufino, Marcelo Facchini e o próprio David.
www.escolalongitude.com.br/

O Insper oferece para executivos de diversas áreas cursos para quem busca mais conhecimento ou apenas se inteirar de reflexões e perspectivas atuais do mercado. Um dos destaques para quem deseja empreender é o curso “Introdução ao Marketing Analítico”.
http://www.insper.edu.br/

Já o Sebrae, além de atender e orientar diversas empresas, também oferece cursos de capacitação para empreendedores. Com opções de cursos online e presenciais, a instituição ensina o passo a passo para quem quer abrir, melhorar, ampliar e desenvolver habilidades para gerir a empresa.
ead.sebrae.com.br/cursos

A plataforma Coursera possui parcerias com diversas universidades no Brasil e no mundo, entre elas USP, Unicamp, Stanford, Yale e University of Virginia. Nela os usuários podem se inscrever para cursos livres que antes eram de difícil acesso para o publico geral. Para assistir as aulas não há custos, porém para receber o certificado de participação é necessário pagar uma taxa que varia para cada curso.
www.coursera.org/

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top