You are here
Home > Sem categoria > Cinco dicas para atrair inquilinos

Cinco dicas para atrair inquilinos

Comprou um imóvel novo, mas não quer se desfazer do atual e decidiu colocar o apartamento para alugar? Acha que o mercado está mais favorável para a locação e, em vez de vender, vai optar pelo aluguel? Segundo a diretora da Senzala Imóveis, Augusta Coutinho Loch, para o locador que não tem experiência nessa área, uma das principais dúvidas é sobre como atrair possíveis inquilinos. “A atenção à preparação do imóvel, o acompanhamento do candidato a inquilino nas visitas e a flexibilidade de negociação por parte do proprietário influenciam na celeridade e efetivação da transação imobiliária”, comenta. Confira algumas dicas para tornar o imóvel para alugar mais atrativo:

1. Investir na boa apresentação
Antes de deixar o imóvel para alugar, é importante que o locador arrume as infiltrações e/ou problemas que ele apresente. De acordo com Augusta, mesmo que o apartamento para locação esteja desocupado, a taxa de condomínio deve estar com pagamento em dia e é fundamental mantê-lo sempre limpo. “Além disso, alguns itens valorizam a locação do imóvel, como armários planejados na cozinha e banheiros e piso em madeira, cerâmica ou laminado”, revela.
2. Anunciar
As ferramentas de divulgação usadas são essenciais para acelerar a locação. Augusta conta que, atualmente, 80% das locações na imobiliária são realizadas por meio dos portais imobiliários ou do site da empresa. “Em função da mudança no comportamento de busca do imóvel, nos últimos anos reforçamos os investimentos no ambiente digital, tanto em ferramentas, quanto em produção de conteúdo, inclusive com a produção de vídeos”, argumenta.

3.Abrir para visitação
Permitir apenas visitas ao imóvel para alugar com agendamento é uma forma de preservar o patrimônio do locador. “É preferível que o corretor de imóveis acompanhe o inquilino e chegue antes para abrir as janelas, arejar os ambientes, apertar a descarga dos vasos sanitários para a água circular e até mesmo aromatizar o imóvel para alugar”, aconselha Augusta.

4. Conhecer o inquilino
A análise do cadastro do inquilino deve ser rigorosa para garantir a segurança jurídica da negociação ao locador. Augusta conta que, na Senzala Imóveis, é necessário que o inquilino comprove rendimento superior a três vezes o valor do aluguel, o mesmo valendo para o fiador (caso essa seja a modalidade escolhida). O fiador também precisa ter imóvel em seu nome quitado, livre e desembaraçado, e ser economicamente ativo. Além da fiança, as opções de garantia locatícia compreendem seguro-fiança e título de capitalização.

5. Ser flexível
Reduzir o valor do aluguel pode ser uma boa saída numa negociação, principalmente se o imóvel para alugar estiver desocupado há muito tempo e/ou tiver uma taxa de condomínio alta. Segundo a diretora da Senzala Imóveis, dessa forma, o locador ganha uma renda extra e evita despender um valor fixo mensal para manutenção de um imóvel vazio.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top