You are here
Home > Finanças > Cinco motivos para alugar em vez de comprar um carro

Cinco motivos para alugar em vez de comprar um carro

Alugar ou comprar um carro? Essa é uma pergunta que cada vez mais pessoas estão se fazendo no Brasil e no mundo. O trânsito caótico das grandes cidades e os custos de se manter um automóvel são apenas alguns dos fatores que contribuem para essa tendência. A Vai.Car, startup americana que simplifica e democratiza o aluguel de automóveis, tem como objetivo mudar a forma com que as pessoas se relacionam com os carros, fazendo com que passem a enxergá-los como um serviço e não um bem. O aluguel, no lugar da compra de um veículo, possui inúmeras vantagens. Confira algumas delas:

Investimento

Manutenção, documentação, seguro e IPVA geralmente estão incluídos no preço fixo das locadoras. Ao comprar um automóvel, o impacto financeiro é muito maior, pois é preciso arcar com todas essas despesas separadamente. Além disso, ainda existem os gastos eventuais, como custo da franquia do seguro, se for acionado, além do reparo do veículo em caso de defeito ou acidente. Não é preciso se preocupar com esses fatores com um carro alugado; basta ter uma CNH (Carteira Nacional de Habilitação) válida. As locadoras tradicionais ainda exigem comprovação de crédito. Já a Vai.Car oferece formas de pagamento diferenciadas, como boleto bancário ou dinheiro, e não exige depósito caução.

Oportunidade de trabalho

Os aplicativos de mobilidade urbana têm sido uma opção cada vez mais frequente para quem deseja ter um aumento de renda, ou mesmo renda fixa em tempos de escassez no mercado de trabalho. Só na cidade de São Paulo, estimula-se que existem entre 150 mil e 240 mil motoristas cadastrados nas três principais plataformas. A locação pode ser uma boa alternativa para quem atua neste segmento, pois elimina a necessidade de se fazer dívidas a longo prazo e evita a desvalorização e rápida depreciação do carro (você pode ter um novo a cada renovação da contratação do serviço).

Liberdade

Dirija um carro novo quando precisar, devolva quando terminar, sem comprometimentos. A locação abre um leque de possibilidades para conhecer e testar diversos modelos e marcas, por um tempo muito maior do que é oferecido nas concessionárias. Antes, era necessário comprar para experimentar todos os recursos e dirigibilidade dos veículos. Hoje, basta verificar os catálogos dos carros disponíveis nas locadoras. O catálogo da Vai.Car pode ser consultado sem sair de casa, via aplicativo ou website.

Segurança

As fabricantes recomendam que a revisão de um carro seja realizada a cada 10 mil quilômetros ou a cada seis meses (o que acontecer primeiro). É uma forma de prever e reparar possíveis defeitos e evitar desastres no trânsito. Isso demanda tempo e investimento. Essa preocupação não existe quando se opta pelo aluguel em vez da compra de um veículo, pois as locadoras mantêm as revisões periódicas em dia. O mesmo vale para a documentação e a proteção do automóvel.

Sustentabilidade

De acordo com o SPC Brasil e Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), 46% dos consumidores optam pelo consumo colaborativo para evitar o desperdiço, 45% querem combater o consumo excessivo e 31% consideram a preservação do meio ambiente importante. Por conta disso, grande parte da população passou a enxergar o automóvel como o serviço que ele pode proporcionar, e não como um bem material. A locação nada mais é do que um único produto usado por vários membros da mesma sociedade e apenas quando necessário. Quanto mais pessoas optam pelo carro terceirizado, menor é a frota que circula nas ruas, o que diminui consideravelmente o trânsito em centros urbanos e a emissão de poluentes proveniente dos meios de transporte a combustão.

O modelo de propriedade de automóveis está mudando. Mobilidade, aplicativos, inovações tecnológicas de carros elétricos e autônomos fazem parte dessa nova indústria automobilística. “Seguindo o conceito de disrupção, estamos oferecendo produtos acessíveis a uma nova geração de consumidores. O seu carro atual provavelmente será o penúltimo ou último que você comprou. O próximo já não será seu “, afirma Helio Netto, sócio e CEO da Vai.Car.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top