You are here
Home > Finanças > Lucro líquido do Banco Votorantim cresce 82,3% em 2018 e passa de R$ 1 bilhão

Lucro líquido do Banco Votorantim cresce 82,3% em 2018 e passa de R$ 1 bilhão

O Banco Votorantim encerrou 2018 com crescimento de 82,3% no lucro líquido na comparação com o ano anterior, atingindo R$ 1,06 bilhão, confirmando um novo patamar de ROE (Retorno sobre Patrimônio Líquido), que alcançou 11,5% no ano contra 6,8% em 2017.

“O resultado de 2018 demonstra o sucesso no avanço do nosso plano estratégico de rentabilização dos negócios, aumento da eficiência operacional e diversificação de receitas. Seguimos investindo na transformação digital, trazendo a experiência e a satisfação dos clientes em todos os nossos esforços. Os números mostram que estamos no caminho certo”, diz Elcio Jorge dos Santos, presidente do Banco Votorantim.

O total de receitas, que considera a somatória da margem bruta e receitas de serviços e corretagem de seguros, cresceu 5,9% em 2018. A BV, marca de varejo do Banco Votorantim e líder no segmento de veículos leves usados, cresceu seu volume de originação de financiamentos de automóveis, caminhões e motos, chegando a R$ 17 bilhões em 2018, 8,2% maior que no ano anterior.

O resultado com Provisão para Devedores Duvidosos (PDD) e impairments de 2018 caiu 25,5% em relação a 2017, principalmente devido às menores provisões de devedores duvidosos do Atacado, reflexo da melhora da qualidade dos ativos. Tal melhoria demonstra a eficiência da gestão de riscos e dos processos de concessão de crédito, evidenciados pela menor relação do resultado de PDD com a carteira de crédito classificada, que caiu de 4% para 2,5% no último ano.

O contínuo processo de transformação do Banco Votorantim e o aumento dos investimentos em marketing e tecnologia justificam o crescimento de 4,9% nas despesas de pessoal e administrativas em 2018. A gestão efetiva da base de custos e a geração consistente de receitas contribuíram para a melhora no Índice de Eficiência, que reduziu de 34,4% para 33,1% nos últimos 12 meses. “Para suportar e impulsionar nossas frentes de inovação, também lançamos o BVLab, unidade dedicada a inovação, conexão com o ecossistema de startups, experimentação de novas tecnologias e avanço na experiência do cliente”, ressalta o presidente do Banco Votorantim.

Em 2018, o Índice de Basileia foi de 15,7% – acima do mínimo regulatório de 10,5%, sendo 13,6% referentes ao Capital Nível I, que consiste no somatório do Capital Principal (11,6%) e Capital Complementar (2%).

Nova BV

O ano de 2018 também ficou marcado pelo reposicionamento da BV. Essa mudança reflete a consolidação dos negócios do Varejo, a ampliação da oferta de soluções de crédito e novos canais de distribuição, aproximando ainda mais a marca dos seus parceiros e clientes. Além de uma nova identidade visual, a BV passou a assinar com o slogan “crédito para quem acredita”.

Esse reposicionamento contou com iniciativas voltadas para melhoria da experiência dos clientes e parceiros da BV, como o lançamento de um novo site, que integra todos os produtos contratados em um único ambiente, e um aplicativo para facilitar o dia a dia dos lojistas de veículos na formalização de propostas de financiamento.

A BV também lançou sua plataforma de apoio a projetos sociais por meio do esporte. Contando com a parceria de grandes atletas brasileiros, como Ana Moser, Bia Haddad, Bob Burnquist, Flávio Canto, Marcelinho Machado, Mauro Menezes e Serginho Escadinha, a plataforma tem a missão de viabilizar a próxima conquista desses atletas e fomentar os benefícios que o esporte proporciona à sociedade.

Parcerias estratégicas

Fortalecendo a frente de diversificação de negócios, o Banco Votorantim fechou parcerias estratégicas relevantes com fintechs que estão mudando os mercados em que atuam. Uma delas foi com a Neon Pagamentos, conta digital que tem o objetivo de simplificar a forma como as pessoas se relacionam com seu dinheiro; e outra foi com a WEEL, fintech de inteligência artificial para antecipação de recebíveis, com objetivo de financiar a cadeia de fornecedores dos clientes do Atacado, principalmente pequenas e médias empresas.

No Varejo, além da consolidação das parcerias com GuiaBolso, PRAVALER, QueroQuitar! e Portal Solar, a BV fechou acordo para oferecer exclusivamente soluções de crédito aos clientes da Yalo, plataforma de benefícios em procedimentos de saúde e serviços de bem-estar, e começou a operar no segmento de turismo, financiando a compra de pacotes de viagens aos clientes da CVC.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top