You are here
Home > Finanças > Minsait lança caixa eletrônico que permite sacar e depositar dinheiro usando somente o celular

Minsait lança caixa eletrônico que permite sacar e depositar dinheiro usando somente o celular

A digitalização do consumo diminuiu a frequência e o objetivo do dinheiro em espécie, mas esse tipo de transação ainda é usado em larga escala no Brasil: de acordo com dados do Banco Central, atualmente existem 6,27 bilhões de cédulas circulando no país. A quantidade é significativamente maior quando comparada a 2011, época em que 4,48 bilhões de notas transitavam em território brasileiro.

Para andar com o dinheiro no bolso, muitos brasileiros fazem uso de caixas eletrônicos. Ao identificar o potencial de reduzir custos e minimizar fraudes durante essa atividade frequente no cotidiano, a Minsait, uma empresa Indra, desenvolveu o TAPP, novo modelo de ATM em que é possível retirar dinheiro em apenas um passo, usando o celular.

Além de ser mais eficaz e rápida, a solução tem um custo por saque 30% menor do que ATMs tradicionais, favorecendo seu uso por instituições financeiras. Em linhas gerais, funciona da seguinte maneira: os usuários podem acessar o aplicativo do banco em que têm conta, agendam um saque de dinheiro na quantia desejada e recebem um alerta do TAPP mais próximo ao qual devem se dirigir. Chegando lá, o dinheiro pode ser sacado utilizando um QR Code, biometria facial, reconhecimento de voz ou um código PIN.

“Tudo isso é possível porque nosso aplicativo se conecta via API com o sistema dos bancos, facilitando a interação com os sistemas já existentes. Na Europa, já temos clientes usando o TAPP em praticamente todos os países de maneira eficaz e segura”, afirma Carlos Souza, diretor de Serviços Financeiros da Minsait no Brasil.

Além dos benefícios para instituições financeiras e consumidores, a solução também pode trazer oportunidades para nichos como logística e varejo. “É possível realizar depósitos no TAPP de maneira simples e rápida. Com isso, por exemplo, pode-se programar a chegada de empresas de transporte de valores a lojas sempre que o sistema detectar um montante pré-estabelecido em saques. Essa atividade pode diminuir significativamente os custos de logística no varejo”, completa o executivo.

Meios de pagamento a serviço da mobilidade social

Além do novo recurso para sacar dinheiro, a Minsait também participará de painel durante o CIAB Febraban 2019. A democratização dos meios de pagamento como forma de estimular a mobilidade social será tema do debate que acontecerá no dia 13 de junho, às 11h15. Pontos como os novos regulamentos, carteiras eletrônicas, bancos digitais e pagamentos instantâneos na região latino-americana serão discutidos por Kerman Ispizua, Payment Solutions Specialist da Minsait.

“A tecnologia tem sido vista cada vez mais como uma forma de melhorar os meios de pagamento e facilitar transações em diferentes setores. Trazer o viés social desses avanços é fundamental para melhorar não só as transações em si, mas estimular o desenvolvimento da sociedade”, afirma o executivo.

A companhia também apresentará durante o painel seu Informe Anual de Meios de Pagamento, com foco no mercado europeu e latino americano, e para o qual foram realizadas mais de 60 entrevistas com especialistas do setor, fontes oficiais de 10 países foram analisadas e 3.600 clientes cadastrados foram pesquisados. Uma das conclusões para o cenário brasileiro é a de que os clientes daqui dominam o meio online para fazer compras – porém ainda não se sentem suficientemente seguros para adotar esse tipo de transação com frequência, o que reduz a periodicidade de interação com lojas digitais.

De acordo com os dados, pelo menos 94,6% dos consumidores já compraram online pelo menos uma vez, à frente dos chilenos (93,5%) e argentinos (91,6%). Porém, os brasileiros consomem via e-commerce em média uma vez a cada três meses, enquanto seus pares o fazem mensalmente.

Ainda em hábitos de consumo, a pesquisa mostra que os consumidores brasileiros são os que mais usam cartão de crédito na América Latina. De acordo com a pesquisa, 81,6% dos consumidores usam frequentemente esse meio, índice consideravelmente superior ao de outros países na região, que ficam entre 60% e 70%.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top