You are here
Home > Negócios > Pequenos e médios negócios apostam em sistemas tecnológicos para otimizar gestão

Pequenos e médios negócios apostam em sistemas tecnológicos para otimizar gestão

Fazer uma gestão eficiente de um pequeno e médio negócio não é uma tarefa fácil. Organizar o cronograma de compras, o estoque, venda de produtos, emissão de nota fiscal, entre outras tarefas mais burocráticas é uma carga bastante pesada quando não se possui uma grande estrutura. Pensando nisso, na última década, empresas de tecnologia tem surgido com ideias para desenvolver soluções que automatizem e otimizem processos de toda a cadeia que vai desde a indústria, passando pelo varejo até ao cliente final.

Uma dessas empresas é a Bluesoft, companhia de tecnologia especializada em softwares de gestão em nuvem oferece soluções que apoiam o gerenciamento e o cotidiano supermercadista, que vão desde o atendimento ao cliente e auditoria, Business Intelligence (BI) e sistemas de gestão (ERP) na nuvem. “O lojista precisa pagar contas, gerir estoque, colaboradores, fazer pedidos de compra, emitir notas e, ainda, diminuir suas perdas para que o negócio tenha lucro. E é com tecnologia que ele pode fazer tudo isso com muito menos tempo e de forma mais assertiva”, explica Faria.

A Bluesoft tem expertise de mais de 15 anos de atuação no mercado de cloud ERP para supermercados. Seu modelo de negócios oferece para os varejistas uma solução simples e completa, onde eles precisam apenas de um navegador para ter total controle sobre a gestão do negócio.

Com o ERP Bluesoft, o supermercadista não precisa se preocupar com hardware, equipamentos, licenças, instalação e atualizações, o que pode gerar uma economia de milhares, em alguns casos até milhões de reais. Ou seja, a empresa é responsável por administrar o ambiente em nuvem e tudo o que é preciso para que o sistema de gestão esteja sempre disponível e pronto para ser utilizado pelo varejista.

O ERP Bluesoft possibilita ao varejista melhorar a gestão de compras, fornecedores e sortimento, otimização da lucratividade, aumento das vendas, redução de ruptura, redução da quebra e prevenção de perdas de estoque, redução drástica de custo de operação do setor financeiro (com EDI bancário e de cartões) e centralização de processos na matriz, controle de despesas com planejamento orçamentário, mais agilidade na tomada de decisão e uma grande redução nos custos em geral, com o modelo SaaS (software como serviço).

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top