You are here
Home > Negócios > Curitiba ganha Comitê Gestor para estimular o ambiente de negócios de micro e pequenas empresas

Curitiba ganha Comitê Gestor para estimular o ambiente de negócios de micro e pequenas empresas

O município de Curitiba está realizando as primeiras ações de capacitação do novo ciclo do Comitê Gestor do Programa Cidade Empreendedora, projeto destinado a colocar em prática as diretrizes da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas. Nos próximos três meses, as entidades participantes do Comitê vão planejar e começar colocar em prática as ações destinadas a melhorar o ambiente de negócios para micro e pequenas empresas, o que reflete no desenvolvimento econômico da cidade.

O coordenador estadual de Políticas Públicas do Sebrae/PR, Amberson Bezerra da Silva, destaca que o trabalho contínuo e planejado é o grande diferencial do programa.

“O Programa Cidade Empreendedora possui uma metodologia inédita e um sistema de monitoramento que estimula as cidades a implementarem os pontos mais significativos previstos pela Lei Geral, além de garantir a continuidade entre as ações implementadas ano a ano. O trabalho acontece de maneira integrada e traz resultados significativos para o estímulo ao desenvolvimento local, na criação de empregos e geração de renda para o município”, afirma.

Participantes

Formado em 28 de junho, o Comitê Gestor de Curitiba planejará as ações com base nas principais necessidades do município. Além do Sebrae/PR participam do Comitê a Associação Comercial do Paraná, a Agência de Desenvolvimento de Curitiba a Secretarias Municipal de Finanças, Secretaria Municipal de Urbanismo e Secretaria Municipal de Planejamento e Administração.

O trabalho complementa algumas das ações já realizadas nos últimos anos pelo município como a criação de novos Espaços do Empreendedor, a implantação da Redesimples, a aprovação da Lei da Inovação e a criação de políticas públicas de incentivo às MPEs. Novos objetivos serão propostos para esse novo ciclo.

Em Curitiba, o programa visa trazer benefícios na atuação para mais de 107 mil MEIs e mais de 155 mil micro e pequenas empresas. Entre alguns dos resultados do programa estão o atendimento a mais de 70 mil pessoas nos nove Espaços do Empreendedor em 2018 e um total de R$ 549 milhões em compras públicas em 2017 e 2018.

Entre os atores desse processo estão os agentes de desenvolvimento, servidores públicos que, após capacitação, atuam para integrar as ações do Comitê Gestor. Esse é o papel de Letícia Wolf Moura Justus, coordenadora do programa Curitiba Empreendedora.

“Buscamos levar informações e capacitar empresários para que eles possam fazer negócios com o poder público, possibilidades de parcerias com instituições diversas e estimulamos os processos de abertura e consultoria de empresas e de MEIs, processos de desburocratização, entre outros pontos. Também buscamos monitorar o andamento de todas as ações planejadas para o município no ano”, explica ela.

O programa

Com uma metodologia própria, o Programa Cidade Empreendedora, criado pelo Sebrae/PR em 2014, estabelece metas para seis áreas de desenvolvimento: educação empreendedora, associativismo, inovação, acesso ao crédito, acesso a mercados e simplificação e desburocratização. A cidade tem cerca de um ano para colocar cada um dos objetivos em prática a partir da atuação do Comitê Gestor e dos agentes de desenvolvimento.

As ações são registradas e evidenciadas em um sistema automatizado e auditado pelo Sebrae/PR. Ao final do ciclo, cada município recebe uma nota referente às ações desenvolvidas. No último ano, a média estadual foi de 8,77. Ao todo, 126 municípios já realizaram ações, que envolvem a participação de entidades públicas e privadas.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top