You are here
Home > Agronegócio > Pif Paf Alimentos conquista habilitação para exportar para a China

Pif Paf Alimentos conquista habilitação para exportar para a China

A Pif Paf Alimentos acaba de conquistar a habilitação para exportar para a China. A unidade de Visconde do Rio Branco (MG) está na lista de 25 plantas frigoríficas brasileiras que poderão vender carnes para o mercado chinês, conforme divulgação realizada ontem (09/09), pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A empresa é a única mineira aprovada e cumpriu todas as exigências necessárias para embarcar cortes de frangos para o país asiático.

A conquista é motivo de muita comemoração para a Pif Paf, que buscava essa abertura desde 2012, quando a planta recebeu a visita das autoridades sanitárias chinesas. “É uma vitória muito importante, fruto do trabalho de todos da empresa e da melhoria contínua dos nossos processos e produtos. E é uma grande oportunidade para alavancar as exportações, o que vem ao encontro dos nossos planos de crescimento para os próximos anos”, destaca o presidente do Conselho Administrativo, Luiz Carlos Mendes Costa.

Ele lembra que, em maio, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, acompanhada por uma comitiva formada por representantes de empresas e associações, viajou para a China e outros países asiáticos, com o objetivo de alavancar a venda dos produtos agropecuários brasileiros. Para ampliar os esforços pela habilitação, a Pif Paf Alimentos marcou presença na missão, representada pelo gerente geral de Relações Institucionais, Cláudio Almeida Faria. Foi a terceira visita do dirigente da companhia mineira ao país nos últimos três anos.

A China é, hoje, o principal importador de carnes de frangos do Brasil. De janeiro a julho deste ano, comprou 13% do volume e 17% da receita total. Além de abrir as portas desse mercado e ampliar as possibilidades de atuação na Ásia, a habilitação conquistada é mais um reconhecimento da qualidade e da confiabilidade das fábricas da empresa mineira. Em 2019, a Pif Paf já obteve habilitações para o México e o Canadá. Atualmente exporta para mais de 20 países.

De acordo com o Mapa, dos novos estabelecimentos aprovados para exportar carnes para a China, 17 são de bovinos, seis de frangos, um de suínos e um de asininos. Esse grupo de 25 plantas corresponde a um incremento de 39% no número de estabelecimentos habilitados a embarcar carnes para o mercado chinês e representa a maior habilitação da história para o setor. As empresas aprovadas já podem iniciar as exportações imediatamente, ainda segundo o Ministério.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top