You are here
Home > Finanças > BTX oferece Digital Banks próprios para celebridades

BTX oferece Digital Banks próprios para celebridades

Mesmo passando quase despercebida, existe uma grande semelhança entre empresas e o show business: investimentos. Atualmente, muitas personalidades utilizam seus recursos para abrirem negócios próprios como, por exemplo, a modelo brasileira Gisele Bündchen, que além de possuir uma marca própria de lingeries, lançou a linha de cosméticos orgânicos Sejaa Pure Skincar.

Pensando em atingir também esse segmento, a BTX Digital – empresa especializada em criação, construção e manutenção de digital banks para grandes ou médias organizações – constrói digital banks vinculados a estas celebridades.

O interesse por empreendimentos, aos poucos, está tomando forma no Brasil. De acordo com um estudo da consultoria McKinsey, 39% da população brasileira economicamente ativa é dona do próprio negócio. Este aumento considerável – em grande parte – é resultado do avanço tecnológico e dos serviços que a era digital proporciona, o que também aplica-se a introdução de novos modelos financeiros, como os bancos digitais próprios.

De forma otimista, Rafael Pimenta, co-CEO da BTX Digital, conta que se uma celebridade deseja expandir os negócios ou, até mesmo, aumentar a visibilidade de seu nome, a implementação de um digital bank é uma excelente opção para alavancar suas operações pessoais e profissionais. A vantagem deste sistema dos famosos é que automaticamente o ‘conceito’ atrai clientes fidelizados para o banco, algo que pode ser impulsionado por programas de recompensas, um bom marketing para divulgação, criação de cartões magnéticos e plataformas onlines.

“Com esse sistema, a personalidade consegue se desassociar dos bancos tradicionais e de todas as taxas exigidas ao encargo de empresas, fazendo o controle de sua receita de forma totalmente independente”, complementa Fernando Oliveira, co-CEO da BTX. “No caso de um artista musical, esta seria a chance de gerenciar pagamentos de shows, vendas de CD’s, produtos oficiais, produção de clipes, pagamentos de equipe e mais, tudo usando o próprio banco”, finaliza.

Existem diversas oportunidades que podem ser exploradas no mercado atual e uma delas é a utilização deste sistema pelos famosos. Sendo assim, a ampliação desta tecnologia financeira ainda está em andamento, mas poderá garantir inúmeros avanços e atingir cada vez mais os mercados de nicho.

Saiba mais sobre a BTX Digital

Dirigida pelos empresários Rafael Pimenta e Fernando Oliveira, desde 2018, a BTX Digital é uma empresa especializada em criação de bancos digitais para empresas. Sediada nos Estados Unidos e com escritório em São Paulo – Capital, a empresa conta com um fundo de investimento global por trás – a RedLions Capital, que financia a entrada desses bancos no mercado e dá o funding para operação até atingirem a maturidade.

Dentre os serviços financeiros oferecidos pelo Digital Bank estão programas de recompensa e fidelidade, gateway de pagamento, marketplace, soluções financeiras, intranet, extranet, canais e parcerias, entre outros. Além disso, conta com a opção de aplicativos iOS e Android; e equipamentos como cartão magnético, ATM 24 horas, POS, Displays e muito mais.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top