You are here
Home > Trabalho/Emprego > Coronavírus e a busca por emprego: 5 dicas para quem quer entrar no mercado

Coronavírus e a busca por emprego: 5 dicas para quem quer entrar no mercado

Em meio aos diversos grupos impactados pela pandemia do coronavírus no país, há um em particular que se viu ainda mais prejudicado diante do avanço da doença: o de desempregados.

Atualmente, existem no Brasil 11,6 milhões de pessoas sem emprego no Brasil. Gisele Maiara, de 28 anos, é uma delas. Sem trabalho há um mês, a administradora de empresas teme pelo tempo que levará para conseguir uma nova recolocação. “Como a recomendação é para evitar aglomerações, penso que será mais difícil conseguir um novo emprego. Não sei o que vou fazer neste momento”, afirma. “Os colaboradores já estão de home office e acho difícil as empresas realizarem novas entrevistas e contratações nas próximas semanas”, acrescenta.

Para auxiliar pessoas que, assim como Gisele, estão em busca de recolocação profissional, Larissa Ruza, coordenadora de marketing de recrutamento da Connekt, plataforma inteligente de recrutamento digital, separou cinco dicas práticas. Confira:

1 – Por mais clichê que possa soar, é preciso lembrar: não se desespere. O desespero faz com que não encontremos saídas, transforma qualquer caminho em labirinto. Mesmo sendo difícil, tente racionalizar a situação e transformar a sua ansiedade em ação.

2 – O período de quarentena é um ótimo período para criar ou reforçar rede de contatos profissionais. Notifique que está em busca de um emprego aos mais próximos, em suas redes sociais e grupos de Whatsapp. Sabe aquele amigo que trabalha em uma empresa legal? Ligue para ele! Participe de comunidades virtuais com interesses relacionados à sua área de atuação e compartilhe conhecimentos. Conecte-se, comente e se faça visível!

3 – Ainda falando sobre o universo digital, entenda que ele pode ser um grande aliado nesse momento. As melhores e maiores empresas estão inseridas nas redes sociais e divulgam suas vagas em sites e plataformas de emprego. Portanto, vá à caça! Se torne um pesquisador, busque por oportunidades relacionadas ao seu objetivo de carreira e inscreva-se nas oportunidades que fizerem mais sentido para você.

4 – Se inscreveu e não sabe qual o próximo passo? Busque por canais que permitam fazer um processo seletivo digital! Hoje, inúmeras plataformas possibilitam que você faça entrevistas e testes aí da sua casa, de forma muito mais fácil, com seu próprio celular. As áreas de RH continuam a avaliar candidatos e quem conseguir ” migrar” mais rápido para o digital, com certeza sairá na frente nesse período.

5 – Por fim, ajude quem mais precisa. Se conhece alguém que, assim como você, está em busca de uma nova chance, compartilhe oportunidades! Eduque as pessoas para utilizarem a internet de uma forma colaborativa e funcional nesse período.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top