You are here
Home > Finanças > Como ganhar dinheiro é o desejo mais buscado pelos brasileiros

Como ganhar dinheiro é o desejo mais buscado pelos brasileiros

O mundo em pandemia fez o mundo reconsiderar seus desejos de ano novo para metas que combinassem mais com o momento que estamos passando. A Semrush, líder global em marketing digital, realizou um levantamento para entender o padrão de comportamento dos brasileiros que precisaram ficar mais em casa, sem poder viajar para outros países, ou até mesmo para a praia, e encararam mudanças nos comportamentos empregatícios. O desejo mais pesquisado no Google com 78,8 mil menções foi “como ganhar dinheiro” para complementar a renda durante o ano em que batemos recordes de desemprego no Brasil.

Com os quilinhos a mais ganhos durante a pandemia, o segundo lugar ficou com “como emagrecer” com um total de 48 mil buscas. O terceiro lugar ficou com “como ficar rico” com um número absoluto de 24,5 mil. Seguido de “como ganhar na Mega-Sena” que somou em média 21 mil acessos, tendo o pico em maio de 2019, em que um apostador levou sozinho o prêmio de quase R$ 290 milhões.

“Como engordar” ocupa a quinta posição com um total de 18,4 mil buscas, seguido de “como parar de fumar” com um número absoluto de 14,7 mil. O sétimo lugar ficou com “como ser feliz”, com 12,2 mil buscas, com um pico em novembro de 2020, com a aproximação das festas de final de ano.

A situação financeira das famílias brasileiras foi o tema das três últimas questões mais perguntadas no Google em 2020, o oitavo lugar ficou com “como juntar dinheiro”, com 9,7 mil buscas; seguido de “como investir” com a busca absoluta de 6,7 mil pensando em fazer o dinheiro render, e por fim “como guardar dinheiro” com 6,3 mil buscas.

Segundo Fernando Angulo, Head of Communications da Semrush, esse comportamento é um reflexo direto do ano da pandemia. “O aumento considerável da preocupação com dinheiro é uma consequência das mudanças advindas da pandemia de Covid-19 que mudaram a perspectiva do Brasileiro. Encontrar formas de guardar dinheiro como investimento, poupança, passaram a ser uma prioridade nas famílias. Disseminar conteúdo de qualidade sobre o assunto pode fazer com que isso se torne um hábito cada vez mais comum para os brasileiros”, completa.

Confira o ranking completo:

1. Como ganhar dinheiro: 78,8 mil
2. Como emagrecer: 48 mil
3. Como ficar rico: 24,5 mil
4. Como ganhar na mega sena: 21 mil
5. Como engordar: 18,4 mil
6. Como parar de fumar: 14,7 mil
7. Como ser feliz: 12,2 mil
8. Como juntar dinheiro: 12,7 mil
9. Como investir: 6,7 mil
10. Como guardar dinheiro: 6,3 mil

O comparativo mostrado no estudo engloba os anos de 2019 e 2020, mostrando qual o comportamento de desejos que os brasileiros mais tiveram nesses dois anos, que foram muito diferentes entre eles.

O maior crescimento percentual de busca na comparação foi por “como ser promovido” com 510% , seguido de “como começar a fazer exercícios” com 103% e em terceiro lugar ficou “como ficar rico” com 77,7%.

Este ano trouxe um interesse mais significativo dos brasileiros em investir seu dinheiro. Assunto ainda pouco difundido para a população, o aumento da curiosidade em “como começar a investir” foi de 68%. A pandemia também mudou as relações do aluno-professor, trazendo uma adaptação para o mundo do Ensino a Distância, e muitos perguntaram “como fazer curso ead” com um aumento de 55% e “como fazer curso online” com o aumento de 44,6%.

Algumas pessoas ainda passaram por uma mudança de casa durante esse período, e o aumento da curiosidade por “como trocar de casa” aumentou 41%. O ranking ainda é composto por “como trocar de carreira” com 36%, “como montar um escritório” com um aumento de 35%, em tempos de trocar o escritório da empresa pelo home office. E por fim, o aumento de 33% para “como ganhar mais”.

Confira o ranking completo

1. Como ser promovido: 510%
2. Como começar a fazer exercícios: 103%
3. Como ficar rico: 77,7%
4. Como começar a investir: 68%
5. Como fazer curso ead: 55%
6. Como fazer curso online: 44,6%
7. Como trocar de casa: 41%
8. Como trocar de carreira: 36%
9. Como montar um escritório: 35%
10. Como ganhar mais: 33%

O levantamento ainda comparou o que foi menos buscado nos anos comparados, e a principal perda de interesse foi com relação a “como começar a fazer terapia”, que perdeu 49% em comparação. Seguido de “como pagar dívidas”, que apresentou queda de 32% no interesse, e apesar de ainda ser muito buscado, os brasileiros pesquisaram 29% “como ganhar na mega sena”. A busca por “como encontrar um emprego” diminuiu em 26% com relação a 2019 e “como guardar dinheiro para viajar” teve queda de 25%.

O ranking ainda é composto por “como mudar de emprego” que teve uma diminuição de mais de 18%, “como encontrar namorado” com uma queda de 17% e “como conseguir um novo emprego” com menos 14% do interesse dos brasileiros. E em nono lugar ficou “como planejar um casamento” com uma queda de 8% no interesse, finalizando com a diminuição de 8% em “como trocar de carro”.

“É interessante observar esses comportamentos do usuário pois refletem diretamente os seus desejos e necessidades nesses períodos. E quem antes se adaptar a essa procura, terá melhores resultados em seus negócios e, principalmente, melhor atenderá e ajudará essas pessoas”, avalia Erich Casagrande, gerente de marketing Brasil da Semrush.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top