You are here
Home > Finanças > Saiba como negociar dívidas online e de forma segura

Saiba como negociar dívidas online e de forma segura

Ter dívidas é a realidade de grande parte da população brasileira. Como sabemos, o início de ano é sempre uma oportunidade de organizar a vida financeira e começar o novo ciclo com as contas no azul. Para isso, negociar dívidas online, além de cômodo, é prático. Porém, requer alguns cuidados, principalmente no que diz respeito à segurança da informação que você fornece durante o processo.

Segundo uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), mais de 12 milhões de brasileiros já sofreram algum golpe financeiro pela internet nos últimos anos. O resultado representou um prejuízo de quase R﹩ 2 bilhões somente em fraudes.

De acordo com Luiz Henrique Garcia (foto), CEO da QuiteJá, plataforma de negociação de dívidas, uma vez escolhida a empresa com a qual vai negociar, é o momento de checar etapas. “Veja o que é necessário para conseguir um acordo. Aqui o cuidado deve ser com dados como conta bancária e senha, por exemplo, porque as informações comuns mais pedidas, nesses casos, são o CPF, e-mail e celular. Se algo muito diferente disso for solicitado para você, desconfie”, alerta o executivo.

Para ajudar a tirar todas as dúvidas, o executivo listou abaixo algumas dicas. Confira:

Negocie com segurança

já percebeu que os sites protegidos têm um certificado de segurança chamado (Secure Sockets Layer) SSL? Esse certificado digital atesta que a plataforma de negociação online é segura. Observe se ao lado da barra de endereço, o site apresenta a imagem de um cadeado, comprovando a segurança da informação.
 
Outro elemento importante é a sigla “https” acompanhando o endereço do site, na barra de navegação. Isso também serve como indício de que sua negociação está sendo realizada de maneira segura. Seguindo essas dicas, suas transações financeiras online estarão seguros de golpes. Especialmente as negociações de dívidas.

Negocie sempre pelo canais oficiais

As empresas que trabalham com este tipo de setor, possuem canais oficiais em que você pode acessar e checar se há dívidas em aberto no seu CPF. Geralmente, os canais mais comuns são site, WhatsApp e até mesmo via messenger do Facebook. Fique atento!

Confirme as parcerias

Descubra se o seu credor tem, de fato, parceria com a empresa na qual pretende quitar o seu débito. Toda plataforma de negociação tem uma sessão no site com a lista de parceiros. E o contrário também é verdadeiro. As grandes varejistas costumam informar as empresas com as quais você pode negociar. Dessa forma, você evita o risco de realizar negociações em plataformas fraudulentas.

Verifique a origem do boleto

quando você negocia qualquer tipo de dívida e forma online, os boletos são enviados por e-mail ou baixados no próprio site da empresa. Caso esteja em dúvida, a solução mais segura é entrar em contato com a empresa responsável pela negociação e verificar a origem do boleto.
 
O beneficiário final dos boletos referentes ao acordo de débitos é sempre a empresa com quem você tem dívida. Antes de fazer o pagamento, verifique se o CNPJ e a razão social que receberá o pagamento pertence à empresa correta.
Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top