You are here
Home > Tecnologia > Assinatura eletrônica facilita a vida profissional de quem não tem base fixa para trabalhar

Assinatura eletrônica facilita a vida profissional de quem não tem base fixa para trabalhar

Graças à tecnologia, a presença física nas empresas tem se tornado algo cada vez mais dispensável. Ferramentas como o computador, o telefone, a internet e a certificação digital permitem ao profissional trabalhar sem base fixa, acessar toda gama de documentação que se fizer necessária, formalizar contratos, movimentar contas e cumprir com obrigações fiscais sem ter sequer que passar no banco, escritório ou contador.

Esse aumento da mobilidade reflete a pesquisa do Home Office Brasil, que mostrou que em 2016 aumentou 50 %, em relação a 2014, o número de empresas que implantaram o trabalho fora do escritório. Em número de certificações digitais pessoa física, só de janeiro a abril deste ano, foram cerca de 340 mil os certificados emitidos, cujas assinaturas eletrônicas permitem realizar toda sorte de tarefas remotamente. “O certificado digital é uma identidade eletrônica com dados protegidos por chaves criptografadas que comprovam quem fez uma determinada transação, podendo ser utilizada por empresas e pessoas físicas”, explica o diretor de comunicação da autoridade certificadora DOCCLOUD, Renato Teixeira.

Para efeito de controle fiscal, o governo é quem mais incentiva o uso da assinatura eletrônica, mas o fato de dar validade jurídica a documentos e e-mails, à segurança operacional e tornar desnecessária a presença física têm acompanhado a mudança na maneira de os profissionais cumprirem seus compromissos. “Quem faz uso da certificação não precisa estar em um lugar fixo. Mesmo em trânsito, consegue cumprir tarefas de ordem profissional ou pessoal.” Além de empreendedores, profissionais home-office e nômades virtuais, o uso do certificado digital também é recorrente entre profissionais liberais e autônomos.

Curiosamente, essa mudança nas relações de trabalho que encontra amparo no uso da assinatura eletrônica também é motivação para a autoridade certificadora DOCCLOUD expandir seus negócios. A empresa, recentemente, criou um plano para captar parceiros empreendedores interessados no modelo flexível de trabalho. Dentre as três modalidades disponíveis, a opção home-office não requer ponto de atendimento. O investimento é de R$ 8 mil e o faturamento mensal estimado de R$ 2,5 mil, considerando a venda de um certificado digital por dia útil do mês. Sem taxa de propaganda ou royalties, o empreendedor arca apenas com uma mensalidade fixa mensal no valor de R$ 280,00.

Desde que lançou o novo plano de negócio, em junho deste ano, a DOCCLOUD, que tinha 350 pontos de atendimento em todo o País, adicionou 120 novas unidades físicas. De 2012, data de sua fundação a 2015, o faturamento da empresa também deu um salto, de R$ 150 mil para R$ 5 milhões.

Para o empreendedor, uma vez escolhida a modalidade de investimento, é necessário fazer o treinamento de Agente de Registro, que a própria empresa oferece como ensino a distância. A DOCCLOUD oferece suporte técnico, operacional e comercial, além de sistema próprio de gestão gratuito.

Avatar
Mirian Gasparin
Mirian Gasparin, natural de Curitiba, é formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduada em Finanças Corporativas pela Universidade Federal do Paraná. Profissional com experiência de 44 anos na área de jornalismo, sendo 42 somente na área econômica, com trabalhos pela Rádio Cultura de Curitiba, Jornal Indústria & Comércio e Jornal Gazeta do Povo. Também foi assessora de imprensa das Secretarias de Estado da Fazenda, da Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico e da Comunicação Social. Desde abril de 2006 é colunista de Negócios da Rádio BandNews Curitiba e escreveu para a revista Soluções do Sebrae/PR. Também é professora titular nos cursos de Jornalismo e Ciências Contábeis da Universidade Tuiuti do Paraná. Ministra cursos para empresários e executivos de empresas paranaenses, de São Paulo e Rio de Janeiro sobre Comunicação e Língua Portuguesa e faz palestras sobre Investimentos. Em julho de 2007 veio um novo desafio profissional, com o blog de Economia no Portal Jornale. Em abril de 2013 passou a ter um blog de Economia no portal Jornal e Notícias. E a partir de maio de 2014, quando completou 40 anos de jornalismo, lançou seu blog independente. Nestes 11 anos de blog, mais de 20 mil matérias foram postadas. Ao longo de sua carreira recebeu 18 prêmios, com destaque para Prêmio Fecomércio de Jornalismo (1º lugar Internet em 2017 e 2016);Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo (1º lugar Internet – 2014 e 3º lugar Internet – 2015); Melhor Jornalista de Economia do Paraná concedido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (agosto de 2010); Prêmio Associação Comercial do Paraná de Jornalismo de Economia (outubro de 2010), Destaque do Jornalismo Econômico do Paraná -Shopping Novo Batel (março de 2011). Em dezembro de 2009 ganhou o prêmio Destaque em Radiodifusão nos Melhores do Ano do jornal Diário Popular. Demais prêmios: Prêmio Ceag de Jornalismo, Centro de Apoio à Pequena e Média Empresa do Paraná, atual Sebrae (1987), Prêmio Cidade de Curitiba na categoria Jornalismo Econômico da Câmara Municipal de Curitiba (1990), Prêmio Qualidade Paraná, da International, Exporters Services (1991), Prêmio Abril de Jornalismo, Editora Abril (1992), Prêmio destaque de Jornalismo Econômico, Fiat Allis (1993), Prêmio Mercosul e o Paraná, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (1995), As mulheres pioneiras no jornalismo do Paraná, Conselho Estadual da Mulher do Paraná (1996), Mulher de Destaque, Câmara Municipal de Curitiba (1999), Reconhecimento profissional, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (2005), Reconhecimento profissional, Rotary Club de Curitiba Gralha Azul (2005). Faz parte da publicação “Jornalistas Brasileiros – Quem é quem no Jornalismo de Economia”, livro organizado por Eduardo Ribeiro e Engel Paschoal que traz os maiores nomes do Jornalismo Econômico brasileiro.
https://www.miriangasparin.com.br

Deixe uma resposta

Top